Publicidade
Publicidade

O número de evangélicos cresce no Brasil a cada ano, enquanto a quantidade de católicos vai na direção contrária. Mas isso vai mudar, se depender dos católicos que vão se reunir na cidade de Americana, em São Paulo, para fazer a oração do terço pela conversão dos protestantes. O evento acontece nesta terça-feira (31), quando será comemorado os 500 anos da #Reforma Protestante.

“Em comunhão com outros Centros #católicos espalhados pelo Brasil, faremos na cidade de Americana a oração do terço pela conversão dos protestantes. No próximo dia 31 marcam-se 500 anos que Martinho Lutero, tomado pelo erro, fez a Reforma Protestante”, afirma o comunicado publicado em algumas páginas do Facebook.

Publicidade

“Por isso, rezaremos para que todos os protestantes voltem para a Santa Mãe Igreja. Acontecerá na Praça Comendador Muller, Centro de Americana, às 19h”, diz a nota do Instituto Opus Sapientae.

Comentários

A postagem do Instituto foi criticada. “A culpa por esse ‘erro’ é da própria igreja católica, com a prática das indulgências e da inquisição na Idade Média. Ou vocês vão querer contestar a História?” [VIDEO], perguntou um internauta.

“A preocupação dessa instituição não é conquistar almas para Cristo. É disputa de poder. Sei que vocês serão mal sucedidos só pela motivação errada por trás desse ‘convite’ e são coisas desse tipo que faz vocês perderem fiéis. O que não falta são outros motivos bem mais dignos de nossas rezas e orações”, comentou um seguidor.

“Se vocês forem ‘rezar o terço’ para a conversão dos protestantes, tirem meu nome de vossas listas (risos).

Publicidade

É cada uma viu”, ironizou outra internauta. “Se você está lendo isso, agradeça a Deus pela Reforma Protestante do Séc.XVI. Não fosse ela, você teria que pedir a um ‘nobre’ para ler para você”, postou mais um internauta.

Em tom educado, um outro seguidor da página afirmou que o que aconteceu na Reforma Protestante foi a vontade de Deus. “Esse evento é na prática o verso: ‘E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”, comentou, citando a frase dita por Jesus que aparece registrada no livro de João (Capítulo 8, versículo 32).

Números

Em 1980, os católicos representavam 89% da população brasileira. Em 2010, com 123 milhões de pessoas se declarando católicas, o número caiu para 64,6%. Os protestantes, por outro lado, tinha 6,6% em 1980 e em 2010 eram 22,2%, ou 42,2 milhões de pessoas. Estudos apontam que se continuar dessa forma, em 2040 os evangélicos serão maioria no país.

#500 anos da Reforma