Publicidade
Publicidade

Quem nunca viveu um amor que parece nos arrebatar por dentro, daqueles que nos comove e nos faz acreditar que embora vivamos em uma sociedade que prega o desapego, ainda vale a pena nos entregar a alguém que parece nos merecer. No entanto, gradativamente as coisas vão mudando de cor. O que antes era recíproco hoje é cobrança, onde reinava a paixão hoje a indiferença se faz presente, aos poucos tudo aquilo que foi construído com a pessoa que você ama vai desmoronando. Mesmo assim, você continua segurando e se esforçando para que a relação dê certo, em alguns casos na tentativa de ter atenção, você se humilha perante o outro, quando na verdade a atenção deveria ser dada livremente.

Publicidade

No fundo você sabe que para manter a relação as coisas não dependem somente da sua parte.

1. Acalme seu coração

Por mais difícil que pareça ser essa tarefa, não há nada mais primordial do que você colocar sua mente em ordem e acalmar seus sentimentos. Avalie onde você está, o quanto perdeu para manter essa situação, o quanto se desdobrou para que pudesse manter a pessoa que você ama inteira. Reconheça que fez tudo que podia fazer.

2. Admita a perda

A gente ganha quando reconhece que perdeu, seja algo ou alguém. Não há nada pior do que fingir que não está acontecendo nada, passar uma mão de tinta em uma parede velha e embolorada. Acreditar que a casa está boa, quando na verdade ela está quase vindo abaixo. Embora pareça difícil no começo, seu coração te agradecerá futuramente por você ter identificado a hora certa de assumir que perdeu o jogo.

Publicidade

3. Vá embora

Indubitavelmente, partir querendo ficar é a pior parte de todo o processo. Você acredita que nunca se acostumará com a ausência do outro, mas vai por mim, se acostuma, sim. O que a gente não se acostuma e nem deve se acostumar é com o desrespeito, indiferença e abuso ao que o outro tenta nos submeter. No começo, a dor pode te engolir por inteiro, mas aos poucos você vai tomando as rédeas do seu coração.

4. Decida sarar

Após colocada em prática as dicas anteriores, decida que essa ferida causada em você não mais doerá. A tarefa não é fácil, entretanto difícil mesmo é viver uma vida coberta por tristeza e amarguras devido a um #Relacionamento que não deu certo. Quando se pegar lembrando-se do seu ex, imediatamente procure alguma coisa para fazer. Faça uma caminhada. Saía com os amigos, leia um livro, só não permita que as lembranças residam em sua mente. É importante manter-se sempre ativo para evitar qualquer recaída, nesse caso a vontade de ligar para o ex.

5. Se ame, seu coração agradece

Há uma frase clichê, mas bem verdadeira: “você só vai entender o significado de amor próprio quando tiver que abrir mão da pessoa que ama, só pelo fato dela te fazer mal.” Você não deve nunca se acostumar com as energias negativas que as pessoas te oferecem, as brincadeiras de mau gosto, as críticas que te destroem.

Publicidade

Enfim, não se acostume com o pior. Pense sempre no seu bem-estar e na sua paz interior, isso não é egoísmo, é um ato de se amar e de se respeitar, é não permitir que as pessoas façam de sua vida um 'terreno baldio', que lance toda sorte de contaminações dentro de você. Ao se amar, você aprenderá a gerenciar rigorosamente o que te faz crescer e o que te diminui. Seu coração agradecerá por esse ato de amor próprio que estará fazendo por si. #superar #esquecer