A Microsoft apresentou no último dia 30 de setembro o seu novo sistema operacional, o Windows 10, sucessor do Windows 8.1, que estará disponível após abril de 2015. O novo sistema foi anunciado por Terry Myerson, diretor-executivo da Microsoft, em um evento em São Francisco (EUA). E por que não chamar o sistema de Windows 9, seguindo a ordem lógica? Segundo executivos da empresa, o nome representa um marco para a Microsoft.

Confira algumas novidades do Windows 10

Multiplataforma

Uma das novidades do Windows 10 é que ele vai rodar em diversos aparelhos, como smartphones, tablets, computadores, TVs e em qualquer outro dispositivo que possua um hardware que suporte a sua instalação.

Publicidade
Publicidade

Menu Iniciar

Atendendo aos pedidos da grande maioria dos usuários do Windows, a Microsoft trouxe de volta o Menu Iniciar, que havia sido substituído pela Tela Inicial no Windows 8 e que havia voltado no Windows 8.1, mas ainda não da maneira que todos estavam acostumados. A ausência do Menu Iniciar era a principal reclamação entre os usuários e agora ele está de volta no novo sistema com um design parecido ao que apresentava na versão 7.

No novo menu Iniciar o usuário poderá pesquisar informações e arquivos localizados no computador e também na Internet. Outra #Inovação foi a adição das Live Tiles (Títulos ao Vivo que ficam na Tela Inicial dos Windows 8 e 8.1) na aba do menu Iniciar, do lado direito. De acordo com a quantidade de Títulos escolhidos o menu cresce e pode ser definido arrastando-se o mouse, dando assim um novo formato ao menu.

Publicidade

Área de Trabalho

A nova área de trabalho do Windows 10 traz novidades como:

  • Snap View. Aplicativos podem ser arrastados entre os desktops para que cada área de trabalho seja personalizada de acordo com as necessidades dos usuários.
  • Áreas de trabalho múltiplas. Várias áreas de trabalho podem ser criadas e o usuário pode navegar livremente entre elas, como fazemos nos smartphones.
  • Task View (visualização de tarefa)
  • Aplicativos em janelas.

A Microsoft liberou a versão de testes do novo sistema, o Windows 10 Technical Preview. Interessados podem se inscrever no Windows Insider Program para baixar o sistema e assim ajudar a detectar erros e testar recursos do Windows 10. É preciso cuidado ao instalar essa versão, pois ela ainda está incompleta e em construção, o que pode gerar instabilidade e bugs.