Os cursos à distância, na área profissional, desde longa data, têm se mostrado eficazes na formação de ótimos profissionais. Conheci alguns e eu mesmo acabei me formando em Eletrônica através do Instituto Monitor. É perfeitamente viável e devemos deixar claro que o aproveitamento vai depender do interesse do aluno. O fato dele dispor do seu tempo para estudar as matérias que, no caso de curso superior, são muitas, vai contar com muita autodisciplina e dedicação, comportamento que não temos visto muito nos estudantes que frequentam as salas de aulas normalmente.

O mais interessante desse modo de aprendizado é que vamos contar com alunos que realmente querem aprender e se dedicar à carreira escolhida.

Publicidade
Publicidade

Por seu lado, há que se ter mestres de plantão dispostos a darem suporte e dirimir dúvidas que possam surgir. É notório que há que se contar com a honestidade do estudante ao ser "examinado" em cada matéria. Tal procedimento exigirá dele a clareza de suas respostas sem ter que recorrer às "colas", pois mesmo as tais consultas às matérias dadas podem demonstrar certa fraqueza no "saber". Por outro lado, durante o período de aprendizado, o recorrer ao suporte dos mestres, denotará grande interesse em "absorver" melhor o conteúdo didático.

Hoje, com a facilidade de internet, sem spam, é claro, os cursos superiores, que não dependam de práticas laboratoriais, podem ser ministrados facilmente e o aproveitamento do aluno poderá ser testado, também, "on line". Em comunidades muito distantes, onde não há essa facilidade, as aulas podem ser entregues "via correio" e os alunos usarão o mesmo método para responder às questões.

Publicidade

Espero que isso se torne realidade e, futuramente, poderemos ter administradores, psicólogos, advogados e, até mesmo, professores, formando-se através desses cursos. Naturalmente, como aprendi muito em eletrônica dessa maneira, penso que tal método em muito ajudará aquele que busca uma formação superior e não pode se deslocar aos grandes centros onde estão as faculdades. #Educação