A Circa News (Cir.ca) é uma empresa jornalística diferente da que comumente conhecemos. Ela está focada no universo móvel, ou seja, na produção de notícias voltadas para o estilo mobile, os smartphones, tablets, etc.

Segundo David Cohn, que já foi o responsável pelo conteúdo da Circa News e atualmente trabalha com a área de conteúdo editorial, a primeira premissa é focar na informação, principalmente quando se fala de um conteúdo específico, como o wireless.

Para ele, no caso de notícias jornalísticas, as pessoas possuem um modo próprio de consumi-las, em que as pessoas consomem principalmente material resumido, ao longo do dia, com informações curtas.

Publicidade
Publicidade

"Essa é uma das razões pelas quais na Circa não se escrevem artigos de 500 caracteres em uma caixa, trabalhamos com pequenas unidades atômicas", explica.

Essas unidades atômicas são os fatos, citações, estatísticas, imagens, que são trabalhadas separadamente e os editores colocam essas peças juntas para contar a história e novas informações são acrescentadas ao longo do dia. "A proposta é capturar as pessoas nos momentos livres ao longo do dia, em que podem ler rapidamente", diz Cohn. Outra estratégia da Circa é enviar pequenos alertas aos telefones ou dispositivos móveis para se atualizarem rapidamente.

O editor explica que as melhores experiências são aquelas nativas, ou seja, o conteúdo feito para o ambiente móvel e que "a melhor analogia são os videogames". Se pensarmos nisso, acharemos que a melhor experiência para XBox são jogos muito intensos como Call Duty, tiro em primeira pessoa, muito imersivos e intensos.

Publicidade

Entretanto, esses não são os games mais populares no ambiente móvel. Ali você tem coisas como o Angry Birds, Flappy Birds ou Candy Crush. Da mesma forma, se você pegar Candy Crush e colocar em um XBox em uma grande experiência desktop, ele não seria um campeão de vendas. Ainda que seja no ambiente móvel. "Então, transferindo isso para as notícias, se pegarmos as melhores experiências em desktop e transferirmos para o ambiente móvel, essa pode não ser a melhor experiência e vice-versa. As melhores experiências móveis podem não ser adequadas ao desktop", ressalta. #Android

De acordo com David Cohn, é preciso pensar em como levar as notícias ao universo móvel porque "cada vez mais esse é um lugar onde buscam por informação, corresponde a cerca de 50% do acesso em algumas empresas atualmente", finaliza.