Pedir dinheiro é difícil. Pedir dinheiro com a possibilidade de perder o que já tem na mão é pior. Deixar tudo como está? Será que um pássaro na mão, vale mesmo mais do que dois que estão voando juntos? Pedir algo para uma outra pessoa faz com que nos sintamos altruístas. Pedir dinheiro para nós mesmos nos faz sentir mercenários. A inflação galopa lá fora. Por isso, é importante que as pessoas saibam como negociar a sua capacidade. Quanto mais bem desenvolvida for esta tarefa, mais ampla a zona de conforto que vai levar você até o momento de pedir um novo aumento, quem sabe até antes do novo ano chegar.

A arte da negociação de seu próprio salário

A formação de um bom profissional não é algo simples.

Publicidade
Publicidade

Se ele tiver o defeito da liderança, mais complicado ainda. Se ele for proativo e trazer sempre boas soluções e bons resultados em seu #Trabalho, ele está perto de se tornar elemento indispensável. Pense nestas coisas antes de se apresentar a seu chefe. Elas serão importantes no momento em que estiver defendendo ser olhado como capital intelectual ou como profissional do conhecimento.

Se sair é ruim para o patrão, pode também ser ruim para o empregado

Por outro lado, reconstruir um bom ambiente de trabalho, principalmente quando uns olham para os outros desconfiados, sempre que um novo funcionário entra pela porta principal da sala onde algumas pessoas lutam para manter seu emprego. A má vontade e o fator resistência não serão fáceis de superar. Qualquer um que ganhe um aumento de salário transforma o departamento de gestão de pessoas em um potencial alvo de falações e de futuros pedidos que podem balançar as estruturas de equipes, principalmente se são equipes vencedoras.

Publicidade

Ocultar o fato em locais onde é forte a penetração da rádio corredor representa tornar a emenda pior que o soneto, se tentar justificar o fato. Enfim a empresa tem ou não o direito de aumentar o salário de quem ela bem entenda?

Como pedir e o que pedir?

Não se compare com ninguém. Parta do princípio que todo o salário é negociável se na relação custo x benefício, você sair ganhando com alguns corpos de vantagem. Se quiser algum destaque, arrume alguma forma de demonstrar, sem sombra de dúvida que é diferente dos outros, sem que isto represente demérito para ninguém. Quanto ao que quer ganhar, apresente uma faixa ampla e cuide que a mais baixa seja melhor que a atual.

Gestores de pessoas detestam assinar contratos de risco, por isso tenha certeza de que sabe o valor de seu trabalho e o conhece como a palma de sua mão. Não esqueça que engajamento, participação e comprometimento ainda são palavras chaves para aquela pessoa séria que está à sua frente. Procure lembrar, também que muitos deles não gostam de brincadeiras, pelo menos em uma hora tão séria.

Publicidade

Tome cuidado com o salário médio, muitas vezes eles podem retirar o valor da remuneração que você está pedindo. Revelar que pesquisou o mercado pode ser de bom tom, ou um desastre total, procure avaliar seu avaliador, antes de fazer ou dizer qualquer coisa. Cuidado com o que lhe oferecem como vantagens adicionais, se elas não estiverem claramente estabelecidas no contrato. Torça o nariz para qualquer proposta futura com aumentos potenciais depois que determinados limites sejam atendidos.

Se você leu com atenção ao que está escrito nas linhas anteriores, as chances que a boa sorte o acompanhe na entrevista são grandes. Aproveite o ano novo e prepare-se para o próximo pedido de aumento salarial. #Negócios