As principais estatísticas indicam que hoje há grande aumento na busca por serviços de armazenamento de dados em Clouds privados. Isto acontece por causa da maior segurança se comparar com Clouds públicos.

Em Clouds privados o armazenamento de dados ocorre dentro de computadores da própria empresa. Usualmente tais serviços não têm acesso via internet, o que permite aumentar a eficácia em assegurar informações contra espionagem empresarial e (ou) ataques hackers.

Quais as diferenças entre Clouds privados e públicos?

Atualmente existe grande quantia de serviços anunciados na internet. Por este motivo, consumidores não especialistas neste ramo de TI podem se confundir e por consequência escolherem a opção errada.

Publicidade
Publicidade

A principal diferença é que em Clouds privados os serviços são operados via regras de infraestrutura supervisionadas por corporações, ao ponto de que Clouds públicos têm operações realizadas por consumidores.

É possível anexar dados enviados para datacenters externos se o serviço é de Cloud público. Por outro lado, ao usar Clouds privados, os clientes fazem armazenamento de dados em datacenters internos e (ou) externos.

Controle da informação

Clouds privados trazem maior facilidade para controlar diferentes níveis de usuários, hierarquizando o acesso da informação, do que Clouds públicos.

Administração, auditoria, gerenciamento, segurança e privacidade são recursos que possuem apenas um ponto de controle nos serviços privados.

Já em ambientes públicos de nuvem existem diversas formas para controlar ao considerar que administradores acessam informações dentro e fora da web.

Publicidade

Qual é melhor?

Importante destacar que não existe um serviço melhor ou pior. Clouds privados e públicos servem para diferentes tipos de consumidores, variando conforme estratégia, objetivo, receita e orçamento.

Clouds públicos ou privados são úteis para diferentes tipos de consumidores, desde pequenos e individuais até grandes multinacionais.

Vantagens e desvantagens: Clouds privados

Clouds privados trazem a segurança como grande vantagem. Apenas pessoas de dentro da empresa, com senha, conseguem acessar os sistemas de informações. Simplicidade de acesso e baixos riscos de queda de sinal representam outras características vantajosas.

Entre as desvantagens se destacam os altos gastos para contratar este serviço. Ou seja, empresas pequenas podem não ter grande custo-benefício ao investir em clouds privados, que exigem datacenter, software, entre outros.

Vantagens e desvantagens: Clouds públicos

Principal vantagem de Clouds público é ampliar a possibilidade dos usuários acessarem informações, não apenas na empresa como em diferentes partes do mundo, graças ao acesso online.

Publicidade

Ser funcional representa um ponto ao favor, ou seja, com este serviço o usuário faz mais com menos gastos de tempo e dinheiro.

Falta de custos com software e antivírus é outro elemento positivo. Possível controlar as redes sociais, favorecendo o acesso da força de #Trabalho nas campanhas de marketing digital, por exemplo.

Clouds públicos também possuem suas desvantagens. A principal está na segurança ao considerar que qualquer informação online nos dias de hoje é suscetível aos ataques hackers, independente da estrutura de defesa no armazenamento de dados.

Necessário ter cuidado ao usar Clouds públicos, visto que com a facilidade em anexar informações online é possível se perder na administração do conteúdo informativo. #Inovação