Dividir para vencer! Sempre que o ser humano enfrenta algo complexo há uma tendência de o dividir em partes menores. Isto facilita a compreensão e superação do problema. Este é o método utilizado para se chegar aos objetos de aprendizagem. Eles surgem como pedaços de conhecimento. São independentes do contexto. Estão colocados à disposição da comunidade acadêmica de forma on-line, just-in-time (JIT), remuneráveis pela quantidade de utilização.

Como se chega até eles?

Tome uma disciplina como uma ideia complexa. Ela pode ser dividida em eixos temáticos ou bases tecnológicas de apoio às ideias nela contidas. Cada eixo temático pode se referenciar a temas específicos.

Publicidade
Publicidade

Esta divisão sucessiva é similar ao desenvolvimento de um hipertexto, considerado similar à forma como o ser humano pensa. A atividade é desenvolvida até que seja atingido um patamar onde o conhecimento tratado é independente do contexto, quando se tem em mãos o objeto de aprendizagem desejado.

As metodologias

Duas metodologias são utilizadas: uma para obter o objeto e outra para reconstruir o conhecimento do qual ele faz parte. A metodologia top-down (de cima para baixo) cria pequenos módulos que podem ser utilizados em diferentes contextos e revelar o caráter interdisciplinar de conhecimentos. O uso de mapas mentais pode ser um potente auxiliar ao organizar ideias que são relativas a um determinado tema. Depois de prontos, estes pequenos conhecimentos são utilizados na metodologia bottom-up (de baixo para cima) que permitem a reconstrução do conhecimento, fazendo com que a aprendizagem ocorra do mais simples ao mais complexo.

Publicidade

Como eles são utilizados?

Um objeto desenvolvido para uma determinada disciplina, pode ser reutilizado em diversas outras disciplinas. Um excelente exemplo é um objeto dedicado a ensinar as pessoas na resolução de equações do segundo grau. É possível relacionar um sem número de disciplinas de diferentes áreas do conhecimento que o utilizariam.

Vantagens para aspectos didáticos e pedagógicos

A existência de módulos educacionais colocados no mercado por especialistas traz solução a um dos principais problemas para a produção de materiais didáticos para ambientes enriquecidos com a tecnologia: uma dificuldade demonstrada por muitos professores no desenvolvimento de textos escritos.

Vantagens para aspectos financeiros

Mais uma vez o capital interfere de forma decisiva. Ele deve derrubar as opiniões contrárias de alguns especialistas que consideram incorreto o processo de industrialização proposto pelos objetos de aprendizagem. Desenvolver uma vez e utilizar muitas vezes, vai de encontro a algumas linhas didáticas que confundem a industrialização com a perda de qualidade, o que na prática pode se demonstrar uma falácia, tanto quanto o seria a confiança cega que esta metodologia seja uma panaceia a solucionar todos os problemas educacionais.

Publicidade

Um casamento com conselheiro sentimental pode dar mais certo

O uso de objetos de aprendizagem se demonstra especialmente útil no desenvolvimento da função do professor como um orientador, onde a indicação de um elenco de objetos de aprendizagem, reunidos em uma rota de aprendizagem (passo-a-passo), pode facilitar o acompanhamento do aluno distante, nos ambientes EaD (#Educação a distância). Com tantas vantagens em vista só falta é aproveitar objetos existentes e criar novos objetos que facilitem a vida de muitos professores e deem aos alunos materiais de alta qualidade. #Opinião