De qual gestão de recursos se está tratando? Daquela que preserva e gasta com parcimônia os recursos com os quais a organização conta para dar continuidade às suas operações e não parar na beira da estrada, onde somente irá encontrar laranjas maduras, geralmente bichadas, como reza a canção.

Quais são estes recursos?

Recursos financeiros, inventários, habilidades humanas (o capital intelectual finalmente é reconhecido), recursos de produção ou e principalmente, recursos da tecnologia da informação. Este espaço é pequeno demais para tratar de todas estas coisas. Mas apertando um pouco mais as letras e diminuindo espaço entrelinhas podemos dar algumas dicas sobre a gestão da inovação tecnológica e aproveitamento dos recursos de TI.

Publicidade
Publicidade

Quem vai cuidar disso?

Se você olhar pela fresta da porta irá ver um grupo de pessoas preocupadas reunidas em uma sala, onde era para estarem a salvo de olhares curiosos, os gurus da gestão da organização. O gerente de TI, com seu material de PMI - Project Management Institute se destaca ao longe. Sobre suas costas foi jogada toda a responsabilidade pela gestão dos recursos da organização, inclusive os que estão fora de sua área, como aqueles que dizem respeito à sustentabilidade, respeito ao meio ambiente e efetivação da responsabilidade e autoridade social. Tarefa para Sísifo, o mais astuto dos mortais, mas ainda assim condenado pelos Deuses a repetir a mesma tarefa de empurrar a pedra até o topo da montanha, que rolava para baixo quando estava quase no topo. Se tal punição fosse imposta aos humanos quando erros fossem cometidos, muitos deles não teriam vez.

Publicidade

Um outro grosso manual que está à direita do diretor de TI pode ser identificado como o PMBOK (Project Management Body of Knowledge) uma metodologia considerada eficaz de gerenciamento de projetos.

Qual a importância do problema

Basta dizer que ela é uma conditio sine qua non a partir da qual nada mais se precisa falar para espertos nos assuntos de gestão. A partir daí a responsabilidade é entregue para os famosos SIG - Sistemas de Informações Gerenciais, que ressurgem junto com esta nova demanda por gestão de recursos.

Há como fazer um resumo do que deve ser feito?

Há e ele passa pela qualificação do colaborador. O investimento, nesta quadra do ressurgimento da necessidade da gestão de recurso, deve estar voltado para assegurar que há, dentro da organização, funcionários com as habilidades necessárias para projetar, definir e gerir os processos. Orientar propostas de formação permanente e continuada, que cubram não somente os interesses da organização, mas também os interesses pessoais dos colaboradores.

Publicidade

A concentração de recursos na formação das pessoas que têm capacidade de gerir recursos já foi exaustivamente tratada por Peter Ferdinand Drucker, de saudosa memória.

Agora, se você trabalha com algum tipo de agronegócio, voltado para a produção de alimentos, é importante incluir na gestão de recursos, dois pedidos para São Pedro. No primeiro deve pedir para não chover demais. No segundo deve pedir para não chover de menos. Compadecido quem sabe ele mande apenas a chuva necessária. Isto recomenda que não se esqueça de tentar prevenir apagões. O resto se ajeita sozinho. #Trabalho