A todo momento novos dispositivos, cada vez mais como miniaturas, são criados e funções para sua utilização postas na grande rede. Pouco tempo atrás, surgiu uma nova proposta, logo, encampada pela indústria de software e que você precisa conhecer para não a utilizar sob uma perspectiva incorreta.

Por mais incômodo que possa parecer, existem aplicações que podem ser desenvolvidas a partir da interligação de sensores e monitores ligados aos seres humanos, para diminuir a análise de possibilidades que existem para dispositivos não-vivos. Imagine todas as coisas que você pode sonhar ao estar conectado à internet, enxergadas boa a ótica de um objetivo final a ser realizado.

Publicidade
Publicidade

A automação de tarefas será a apologia à eficácia em todos os procedimentos do homem. Poderia até ser se a invasão da rede por um número cada vez maior de dispositivos fosse interrompida e proibido o desenvolvimento de qualquer produto voltado para se tornar uma tecnologia vestível pelo ser humano, plena de sensores que registrassem tudo e enviassem com o uso da tecnologia wireless. Já está em andamento a previsão da criação de consórcios para criação de padrões de conectividade a serem obedecidos por esses dispositivos.

Para os fabricantes é fascinante a ideia de automatizar praticamente tudo o que seja possível imaginar. Sabendo que a mente humana é fértil, e nem sempre ética, já é possível imaginar possíveis barbaridades que vem por aí, em termos de marketing digital. Para o comum dos mortais, a possibilidade de manter sob controle qualquer dispositivo que ele tenha instalado, como por exemplo, avisar quando a cerveja atinge a temperatura ideal para degustação.

Publicidade

O problema será controlar todo o tráfego de informações, de forma a evitar que a história da torre de Babel se repita. Se ela pode estar preparada para implantação para empresas, ainda é muito cedo para a liberação dessa possibilidade. Mesmo para as empresas, estudos aprofundados devem analisar as necessidades de aumento de largura de banda, aumento da capacidade de armazenamento e questões de segurança com informações confidenciais.

Na saída do restaurante, o telefone em seu bolso está vibrando. Ao olhar seu visor, você lê um aviso que esqueceu sua carteira com todos os seus cartões sobre a mesa. Calmamente você volta ao restaurante e pega sua carteira de volta. É uma ideia que traz grande atratividade. Quem sabe logo você poderá ter essas facilidades ao seu alcance. #Mídia