Na grande rede as coisas acontecem de maneira muito rápida. Se nos últimos seis meses o departamento de marketing da organização não utilizou as verbas de investimento em mídias sociais, é preciso refazer os estudos. As coisas irão mudar em 2015. O que foi chamado de mídias sociais 1.0 morreu. 

Agora o que fazer? Em primeiro lugar despeça os seus marqueteiros sociais. Na mídia social a rapidez nas decisões e o estudo constante do que está acontecendo é uma exigência do mercado. Em segundo lugar, não entre em pânico. A utilização das mídias sociais está em transformação. Os especialistas consideram que as novas formas de colocar páginas das organizações, como por exemplo, no Facebook para falar no mais votado, irá sofrer alterações.

Publicidade
Publicidade

Para a organização passa a valer o modelo das redes sem escala: quanto mais conexões o indivíduo possui, maiores serão as suas chances de conseguir novas conexões. O marketing tradicional dos 4P´s (Produto, preço, praça, promoção) será trocado com vantagens para o marketing com as redes sociais 4C´s (conteúdo, contexto, conexões, comunidade).

Se antes o pessoal considerava bom ter um canal de comunicação na mídia social, agora as coisas mudaram. No novo paradigma aparecer na rede deixou de ser uma alternativa. A presença social passou a ser imperativo do mercado. Você, como organização que quer continuar sendo competitiva, tem que estar nas redes sociais.

A integração das mídias off-line com as mídias online são o "must" da temporada. Certamente as coisas vão mudar. Não se sabe como e quando.

Publicidade

Mas não dá para ficar apenas com os olhos no futuro, organização tem que viver o "agora da grande rede" e iniciar seus trabalhos na perspectiva de trabalho com o marketing de conteúdo. Atingir o público certo deixou de estar sozinho no rol de exigências. Agora é preciso atingir o público certo, mas no momento certo. Os analistas das redes sociais elegem a mídia mista que faz a combinação proposta como a forma de atender esta nova exigência.

Esta história ainda está no começo e é preciso aproveitar o momento. A mídia integrada representa não mais somente as iniciativas digitais, que aproveitava o sabor da liberdade e gratuidade, com bônus por cliques lá e cá. A mídia integrada é tida pelos analistas como a soma de todos os esforços que são desenvolvidos pelos colaboradores da organização de forma a fixar a sua "marca" na grande rede. Isto é algo difícil de conseguir e impressiona pela facilidade como pode ser perdida.

Os públicos estratégicos da organização agradecem penhorados, pois para eles deve vir por aí uma grande quantidade de promoções.

Publicidade

Em todas elas a sensação que o cliente deve ter de sentir-se como um rei, atendido por uma multidão de súditos, se coloca como o principal objetivo.

Você está frente a um funil de siglas que irá ter que desenvolver em diferentes tipos de mídia, O SAC - Serviço de atendimento ao consumidor terá que virar noites de trabalho; o marketing de consumidor ganha destaque. O CRM - Consumer Relationship Management ganha destaque e renasce sob novas roupagens. Não fique mais na fila, o ano de 2015 está passando rapidamente, como tudo acontece nesta sociedade que acelerou o tempo a ponto de quase não mais conseguir acompanhar a evolução das coisas. #Educação