A plataforma de e-mail da Microsoft, o Outlook, que substituiu o Hotmail, está sem funcionar desde o início da tarde desta terça-feira (31). Ao acessar a página 'outlook.com', existe uma demora considerável de tentativas do navegador de carregá-la, mas sem sucesso, já que logo em seguida é informado que a página da web na qual o usuário está tentando acessar está indisponível.

Milhares de usuários reclamam na redes sociais por estarem sem acesso as suas mensagens - muitas de grande importância - durante horas. No site 'caiutudo.com', que registra queda nos principais serviços on-line - internet, telefonia, televisão e bancos - com base nas reclamações dos usuários, aponta a anormalidade nos sistemas do Outlook.

Publicidade
Publicidade

Por volta da 1h da tarde começam a aparecer as primeiras notificações dos usuários sobre a falha no Outlook. Até o momento da redação desta reportagem (pouco mais de 15h40), o site já havia registrado mais de 5 mil notificações.

A Microsoft ainda não se pronunciou sobre a falha, portanto fica difícil saber exatamente o que pode ter ocasionado a queda do serviço. No entanto, o jornal inglês The Guardian noticiou que um erro no sistema de autopreenchimento do Outlook, fez um trabalhador do Governo da Austrália enviar para um um outro destinatário os dados dos passaportes dos líderes mundiais que participaram da reunião do G20. Foram dados vazados de pelo menos 31 governantes, dentre eles do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, da Rússia, Vladimir Putin, da Alemanha, Angela Merkel e da presidente brasileira Dilma Rousseff.

Publicidade

Ainda segundo informações do jornal, a falha não foi exatamente culpa da Microsoft, e sim de um erro humano, já que o funcionário deveria ter verificado se o e-mail apresentado no momento de enviar as informações era de fato o que deveria receber os dados dos líderes, no caso outra agência do governo australiano.

Quem recebeu o e-mail por engano foi o Comitê Organizador da Copa da Ásia de Futebol, que informou que o e-mail recebido, e todas as informações contidas nele, foi prontamente apagado dos arquivos. #Negócios