A formação permanente e continuada está na ordem do dia no mercado corporativo. Colaboradores fazem inúmeros cursos. Extensão universitária; tecnólogos; bacharelados; cursos de pós-graduação; mestrado e doutorados, se sucedem na formação de carreiras. A #Educação se expande, principalmente no ambiente corporativo.

Sem a necessidade de comprovar competências anteriores é mais fácil adquirir habilidades e competências pontuais. Acadêmicos aceitam o paradigma corporativo e se voltam para o coaching educacional. Dois professores - Henry Roediger e Mark McDaniel na Universidade de Washington em St. Louis - e um autor Peter Brown, se colocam em campo para trazer algumas orientações sobre como desenvolver um plano de sucesso para a aprendizagem.

Publicidade
Publicidade

Eles consideram que o sucesso em um processo de formação pontual se torna mais eficaz se o colaborador:

  • Comprar um bloco de anotações. Com uso do celular e qualquer editor preste atenção em tudo e registre. Não deixar nada importante de lado;
  • Pensar e refletir sobre o material. Não decorar o que tem que ser aprendido. A orientação é a prática, imediata se for possível (learning by doing - aprender fazendo);
  • Mesclar atividades. Procurar e obter informações pouco a pouco. Na memória de curto prazo cabe pouca coisa (lei do 7 mais ou menos 2). Transferir para a memória de longo prazo (é importante conhecer alguma forma de incentivar a memorização);
  • Colocar o conteúdo debaixo do travesseiro. Antes de dormir pedir para sonhar com o assunto. Durante o sono é que se aprende muita coisa;
  • Variar as tarefas. Pular de um tema para o outro. Procurar relações entre eles e deles com a vida prática. Relacionar com a experiência anterior (raciocínio baseado em casos);
  • Testar o conhecimento adquirido. A auto avaliação é o caminho. Simular situações. Conversar em voz alta.

Ao final deste caminho uma nova colocação poderá estar a espera daqueles que tiveram coragem e paciência para mudar a sua forma de agir.

Publicidade

É preciso que haja no ambiente a proposta de orientação vocacional. #Trabalho