O agito do ano que passou com relação à computação em nuvem parece ter dado resultado. Diversos estudos mostraram que ela se mostra economicamente viável sob diversos aspectos, apesar de haver alguns aspectos que devem ser levados em consideração. Mas parece que a economia fala mais alto e faz com que alguns gerentes de TI queiram tornar-se lendas na empresa, provocando aumento significativo de rentabilidade. A prudência fica esquecida, a menos que o gerente de TI seja o dono da empresa. Existem muitos colaboradores que, quando trabalham com o dinheiro dos outros, não tem muita preocupação em garantir segurança para o investimento. Os stakeholders que se entendam se algo não der certo.

Publicidade
Publicidade

Qualquer atividade que envolve aplicação financeira, no mercado contemporâneo, representa uma atividade de risco. O tempo dos aventureiros terminou, assim como um dia terminou o tempo das diligências. Novas invenções, tais como as ferrovias, colocaram as restantes em museus. Haverá menos gasto com software. Haverá menos gastos com hardware. Se a gestão da tecnologia da informação, no campo de software deixa de ser uma preocupação, vantagens estão sendo adicionadas como reforço significante.

Ao ser considerada a inovação tecnológica para a próxima década os aspectos relacionados parecem suficientes. Ao adotar este procedimento a empresa estará colocando seu pescoço na guilhotina que crakers colocam para pescoços sem nenhum colar de proteção. Para evitar a perda de dados, ter a sua privacidade rompida, perder tempo de trabalho e dinheiro gasto na implantação da estrutura em nuvem, é preciso tomar cuidado.

Publicidade

Contrate uma empresa de auditoria. Compre um bom bloqueador de invasões (firewall). Treine o pessoal interno. Monitore as aplicações. Tudo isto custa dinheiro. É importante ver o quanto isto importa. Chame seu especialista em ROI - Return of investment, chame seus auditores. Não confie apenas na equipe de TI. Às vezes ela é temerária. Mesmo assim, depois de todos os cuidados tomados, guarde em outros locais do globo ou no cofre da empresa, as cópias dos dados que agora ninguém sabe onde estão. Seja neologismo ou não encripte tudo com código à prova dos SS nazistas. Se alguém conseguir roubar será mais difícil aproveitar algo da informação estruturada que está na rede. Não tenha medo. Vá para a rede, mas precate-se. Não coloque a tranca na porta depois que a arrombarem.