Muitos ficaram impressionados, aliás a grande maioria. Foram dois dias de extensivas demonstrações na Inside Printing conference and Expo, que movimentou São Paulo nos dias 09 e 10. Seus ecos ainda se fazem sentir. Uma das tecnologias mais inovadoras foi extensivamente discutida, segundo olhares tomados de diferentes perspectivas. Foram 30 stands no WTC.

Os protótipos impressionaram. Muitos assistentes sequer sabiam das possibilidades destas impressoras agora tidas e dadas como maravilhosas. As próteses humanas mostraram um lado humano da tecnologia que poucos levam em consideração. Muitas pessoas que hoje se arrastam por corredores em cadeiras de rodas, logo estarão andando lépidos.

Publicidade
Publicidade

Software e hardware mais uma vez se unem para produção de um dispositivo impar na tecnologia. Olhar este equipamento em ação deixa alguns com a respiração suspensa. Como se fosse algum espetáculo de ópera, alguns aplaudiam os operadores assustados. Na tecnologia estas expansões não são muito bem recebidas.

Os preços de hardware (impressora e scanner) e dos softwares (que fatiam o projeto) ainda são salgados. A maior fatia de mercado ainda está nas universidades e em algumas empresas que trabalham pesadamente com design do produto, as responsáveis pelos protótipos apresentados. Em suas primeiras versões ela foi apelidada como Polijet: guarde este nome.

Os painéis voltados para cientistas e estudantes foram concorridos. Novas perspectivas foram colocadas. Uma das principais trata da utilização dessa impressora como um elemento de sustentabilidade ambiental, algo inicialmente inesperado, mas demonstrado como possível pelos palestrantes.

Publicidade

O campo das artes acena com utilização extensiva. A manufatura aditiva ganhou um poderoso aliado.

Ainda não é possível verificar produções caseiras de usuários criativos, mas parece que se abre uma porta que dá para alguma sala da qual nada sabemos e que parece poder ter a extensão que quisermos. Se você tiver condições financeiras, quem sabe seja um bom presente de natal.