Serão removidas do Facebook: mensagens com conteúdo sobre ameaça direta; que sugere auto lesão; que sugere associação terrorista; o que represente bullying; que represente ataque a figuras públicas; que represente atividades criminosas; que represente exploração sexual; que represente exploração de bens regulados.

O objetivo dos diretores é espelhar a diversidade dos mais de um bilhão de pessoas que estão na rede social. O compartilhamento deve ser efetivado livremente em um ambiente seguro. Em alguns países as restrições podem variar, por violar a lei ou os costumes, com postagens que em outro país não tem repressão.

Publicidade
Publicidade

A blasfêmia, por exemplo, é rejeitada em alguns países.

Os diretores ressaltam que as normas para a comunidade visam manter o usuário seguro; evitar que qualquer postagem viole os padrões da comunidade, com os quais você concordou quando se tornou um assinante. Para tal, solicita que qualquer violação seja objeto de denúncia, efetivada em tecla específica, que permite enviar para a rede social informações sobre as violações observadas.

A exibição de nudez é restrita devido poder ofender audiências sensíveis. Se forem observadas elas serão removidas e o usuário pode ter sua associação cancelada, a menos que essas cenas façam parte de pinturas. A exibição de atividades sexuais também é proibida. Mas nem tudo são flores. Há algumas solicitações que são recusadas. A mais notória é a retirada negada de páginas que incentivam a violência contra as mulheres, em seguida os netboots (que incentivam jovens a se associar à sociedade islâmica).

Publicidade

Ainda há outras solicitações, que partem de órgãos governamentais, que a rede se recusa a atender.

Os nomes colocados nos perfis devem ser verdadeiros, o que está colocado como modo de tornar as pessoas responsáveis por seus atos e opiniões colocadas na rede. Perfis que representam imitações serão recusados de forma mais controlada. Perfil para animais de estimação exigem a criação de página específica. Qualquer ameaça à segurança nacional tem recusa e eliminação imediatas.

O objetivo da recente divulgação dessas regras é criar um ambiente seguro e respeitoso, no qual o usuário pode sentir-se confortável para estar e se expressar. O pedido de atenção parte diretamente de seu criador, Mark Zuckerberg. Se você quer opinar e colocar algum protesto, utilize a própria rede em enquete aberta sobre o assunto. #Mídia