Há tempos as desenvolvedoras de jogos aprenderam um macete nada justo e bem rentável para elas, que é a de pegar jogos antigos e os transformar em HD para a geração de consoles novo, como o Playstation 4 e o Xbox One. Além disso, tem as injustas e malandras Dlcs, que pipocam até uma semana depois de um jogo ser lançado.

Para quem não sabe o que é um Dlc: Quem joga vídeo game desde pequeno sabe que antigamente era só você "zerar" os jogos, e apareciam personagens novos, roupas novas, fases novas, carros mais rápidos, enfim, havia uma infinidade de prêmios pelo tempo e habilidade do jogador, mas hoje em dia não é mais assim.

Publicidade
Publicidade

Com a invenção do Dlc, você pode pagar por essas roupas exclusivas, fases extras e personagens extras. No início, era bem vantajoso, pois, realmente, eles lançavam uma expansão bem legal e muito longa de um jogo qualquer, mas como o sucesso foi grande, existem jogos em que a pessoa tem que comprar o jogo físico, em mídia mesmo, e depois aparecem milhares de Dlcs pagas, dando a sensação no comprador de ter adquirido apenas a versão de teste do jogo.

Grandes jogos vem sendo lançados e são totalmente inéditos. A indústria do game já fatura mais do que a do cinema, por exemplo. Mas o tanto de jogos que vem sendo remasterizados não está no gibi e vem irritando os gamers, que estão ávidos por jogos novos e enredos desconhecidos.

O Brasil vem se destacando no quesito games, tanto que as maiores e melhores produtoras de jogos já fazem conteúdos exclusivos pensando no nosso público, seja colocando legendas em português brasileiro, ou, em muitos casos, como vem acontecendo desde Killzone 3, os games já vem dublados na nossa língua tupiniquim.

Publicidade

Algumas pessoas reclamam que as dublagens nem sempre são perfeitas, e querem que usem dubladores já conhecidos pelos nossos ouvidos de filmes e desenhos.

Com certeza, a indústria deve achar mais fácil relançar franquias com sucesso garantido, optando em deixar os lançamentos para depois, deixando os gamers ansiosos por novidades. #Entretenimento