Seria apenas uma notícia comum, mas quando esta nova tecnologia prometeu transformar o smartphone em um scanner 3D o interesse das pessoas foi despertado de imediato. A indústria anunciou na semana que passou maiores informações sobre o produto que podem ser de interesse dos usuários e uma forma de prepara-los para uma nova despesa com o mais novo brinquedinho tecnológico do mercado.

A promessa é que com esse smartphone o usuário tenha uma vista 3D completa de um objeto. Estas imagens podem, então, serem armazenadas e utilizadas para criação de um arquivo que pode ser impresso em impressoras 3D. O nome da tecnologia, para quem se aprofunda um pouco mais em estudos é: "nanophotonic coerente imager".

Publicidade
Publicidade

Ela é pequena e de grande simplicidade o que permite que seja colocada dentro dos smartphones atuais sem maiores problemas.

Este chip NCI é um instrumento ótico que utiliza a interferência dos raios de luz à distância que tem informações sobre a intensidade da imagem como da sua distância. A tecnologia por trás é denominada LIDAR (Light Detection And Ranging) já conhecida e que é utilizada em outras situações. O objeto que está sendo exibido é iluminado por um pequeno conjunto de emissores desta tecnologia e pode varrer um objeto para cobrir diferentes partes do mesmo, sem que seja necessário movimento no NCI e cria uma imagem 3D.

O projeto encontra-se em fase de refinamento e logo se prevê o aumento da resolução hoje em matriz 4 x 4 (16 pixels). A pretensão é atingir a faixa de milhares de pixels de resolução, mas o que já foi conseguido representa um avanço tecnológico de não pouca importância e que pode trazer alegria para os amantes da tecnologia e que não mais imaginam uma vida sem o seu celular.

O chip é barato, pequeno e de produção simples, o que faz com que se preveja para tempo relativamente curto o desenvolvimento prometido.

Publicidade

Existem aqueles para os quais assistir aos novos filmes, somente na estreia, para anunciar aos quatro ventos a sua avaliação, para estes a tecnologia já está disponível mas com baixos níveis de resolução. Para aqueles que gostam de esperar o amadurecimento das tecnologias, a espera não será muito longa. Logo, logo, você poderá capturar um instantâneo 3D de forma tão simples e fácil, como hoje consegue capturar imagens 2D. Resta esperar para ver.