Ter uma boa ideia não é o maior problema do comércio. O grande problema é vender essa ideia. A insegurança das vendas na rede, com a flutuação possível, pode ser modificada caso a organização coloque a loja atuando de acordo com uma das tendências mais fortes do varejo: a subscrição. Neste nicho, as empresas enviam um conjunto de produtos ou serviços para as pessoas que são assinantes.

Quem alegar que isto é uma novidade está faltando com a verdade. Esta é uma proposta já existente há muito tempo no mercado, desde quando ainda não existiam os mercados digitais. Na área de e-commerce este formato se expande e passa a representar, para algumas pequenas e médias empresas, a sua chance de sobrevivência.

Publicidade
Publicidade

Os exemplos mais notórios são a Amazon, a Target, o Walmart, entre outros. Todos os meses estas lojas enviam de 2 a 4 itens baseados em algum tema. Outro exemplo que orientou muitas empresas foi o site Cratejoy, um AIO - All In One subscription commerce plataform.

Muitas microempresas se voltam para este tipo de plataforma de #Negócios como única fonte de renda e, ainda assim, apesar de um retorno que pode não enriquecer ninguém, pelo menos permite aos microempresários a manutenção de um padrão de vida digno. A possibilidade da participação de vendedores não ligados profissionalmente ao site original permite que o comércio seja ampliado. A montagem de pequenas franquias, que podem por sua vez, subscrever novos clientes, pode criar uma rede que traga maior retorno.

A estratégia se torna cada vez mais interessante e permite que micro, pequenos e médios empresários concorram, por exemplo, com a Amazon, conhecida no meio como uma "assassina" de pequenas empresas.

Publicidade

Bem planejado, o negócio pode dar um retorno seguro. A concorrência pode ser com diversos itens ou com itens únicos. Alguns consideram esta modalidade como a mais eficaz para esta classe de vendas.

É preciso atuar de acordo com padrões éticos rígidos, porque ainda que a ideia seja simples, existiram muitas outras pessoas além de você que irão desenvolver o mesmo tipo de negócio. Fica a sugestão e a recomendação final para que o empreendedorismo leve estas organizações ao sucesso.