Não é comum que uma empresa venha ao mercado agradecer aos seus clientes, como fez recentemente a Airbnb por meio de um de seus fundadores, Brian Chesky. A razão da divulgação do trabalho da empresa tem como propósito alertar outros empreendedores sobre a importância de valorização do cliente, em todos os ambientes, mas principalmente quando se atua com eles em redes de comércio eletrônico.

No entender de Chesky, os empreendedores bem sucedidos entendem o poder das pessoas e constroem em torno do serviço ou do produto que vendem uma comunidade de usuários, com a perspectiva da efetividade do trabalho desenvolvido com outras pessoas, em forma de colaboração para resolver os problemas que podem advir de alguma negociação.

Publicidade
Publicidade

Foi assim que sua empresa foi construída até atingir uma estrutura sustentável, que enfrenta sem medo e com bons resultados, um mercado cada vez mais complexo. Ele recusa o papel de "herói solitário" ao considerar que no mercado atual não há mais lugar para este profissional. Ele leva em consideração o que a antropóloga cultural Margareth Mead disse e que se tornou um lema para ele e que deveria sê-lo também, para outros empreendedores: "Um pequeno grupo de pessoas atenciosas podem mudar o mundo". Para Chesky, tratar o seu público de forma diferenciada foi o caminho para o sucesso.

O destaque de suas declarações na rede foi acompanhado por seu sócio Richard Branson que já tinha uma história para contar quando, junto com Chesky, abriu a empresa do qual são proprietários. Não é ela, mas sim o seu comportamento no mercado e o sucesso que alcançou, que importa relatar.

Publicidade

O slogan adotado é "descobrir as boas pessoas e libertá-las", ou seja, libertar estas pessoas das negociações e comportamentos tradicionais e evoluir para um trabalho de apoio, o que faz com que hoje mais de 200 empresas trabalhem com a Airbnb. #Negócios

A tração social, obtida pela colaboração e valorização do público, aliada à transparência, são ideias que podem ser seguidas e são interessantes em um mercado altamente competitivo. Confiar nas equipes e confiar nas pessoas traz, segundo Chesky, bons resultados.