Quem esperava uma boa novidade na Build 2015 teve sua vontade atendida. Finalmente o projeto Spartan sai do papel e um novo navegador vem a lume, para competir com outros navegadores com público já cativo. Parece que a gigante de Redmond aprendeu alguma coisa com a Gigante de Cupertino. Enquanto pode ela fez mistério. Algumas telas vazaram, mas o corpo principal parece que ficou resguardado.

Até o dia 01 de maio pensadores e desenvolvedores estarão ligados. As novidades sobre nuvem e dicas sobre mudanças no Azure ficaram para trás quando o anúncio oficial foi efetuado hoje às 12h30. Você está querendo saber o nome (ele já foi colocado no título).

Publicidade
Publicidade

Apesar do evento ter sido focado em desenvolvedores, dos quais a gigante procura se aproximar e, quem sabe em futuro próximo venha a abrir seu código, o Edge tomou conta. Ela precisa de aplicativos e assim, nada melhor que paparicar aqueles que os desenvolvem com alguns mimos.

O Windows 10 não está mais órfão de um navegador que, segundo as boas línguas dizem, parece trazer algumas novidades de torná-lo um concorrente de maior peso, como era no início do circo da grande rede. Repetir o que dizem as más línguas será perda de tempo. A compatibilidade de softwares desenvolvidos para outras plataformas também chamou a atenção. A intenção novamente é clara, aumentar o número de apps, não importa o quanto bobas elas sejam. Há alguns aplicativos para outras plataformas cujo sucesso ninguém entende.

Publicidade

A oferta gratuita do Windows 10 foi limitada ao primeiro ano após seu lançamento, depois ainda não se sabe o quanto vai custar, mas a Microsoft sabe cobrar e é de se esperar que ele não seja tão barato, a menos que a pessoa compre um daqueles pacotes que tem dezenas de aplicativos, alguns que não conseguem concorrer no mercado desde que foram lançados.

O resto do tempo da apresentação foi gasto com informações sobre Hololens um dispositivo para entretenimento baseado em realidade virtual oferecido pela Microsoft aos seus usuários. Em termos de sonhos, a expectativa é grande. A gigante espera aumentar alguns centímetros e engordar a conta bancária. Segundo as previsões ela pretende, dentro de até três anos, estar com seu sistema operacional instalado em um bilhão (não se assuste, é isso mesmo) de dispositivos.

Parabéns e votos que ele venha para somar em um mercado onde não se sabe mais para que lugar atirar. Os usuários estão meio perdidos. Quem sabe com um novo navegador com algumas facilidades adicionais, as pessoas consigam se posicionar. #Inovação