A empresa brasileira de segurança digital PSafe planeja instalar roteadores Wi-Fi móveis para disponibilizar #Internet grátis em 30.000 táxis nas cidades de Rio de Janeiro e São Paulo, em parceria com o investidor Qihoo 360 e ZTE, relata a revista Teletime.

Na primeira fase que acontece até junho de 2015, serão 250 táxis beneficiados com o programa. O número deverá subir para 10 mil nas duas cidades ainda este ano e chegar a 30.000, para atender às Olimpíadas de 2016.

Os roteadores devem se conectar a uma rede 4G local e as negociações estão em andamento com a operadora de telecomunicações TIM. Com isto, Usuários de smartphones Android podem ter que instalar um aplicativo de segurança da PSafe, enquanto os usuários com sistema iOS, Windows Phone e dispositivos BlackBerry e laptops terão de assistir a um vídeo de 30 segundos antes de iniciar a sessão.

Publicidade
Publicidade

Em matéria publicada em seu próprio Blog, a empresa explica o projeto SafeWifi, rede montada pela PSafe, que é uma iniciativa nacional, já disponível em centenas de estabelecimentos comerciais de São Paulo. O objetivo é democratizar o acesso à internet gratuita e de alta velocidade no País, como também de ampliar o conceito local de cidades inteligentes.

Segundo publicado no Blog, o CEO da PSafe, Marco DeMello, diz que "por meio do SafeWifi, será possível modernizar a indústria do táxi no País e oferecer uma nova experiência de viagem ao usuário desse serviço, que poderá usufruir de internet segura e de alta velocidade, sem custos. A iniciativa beneficiará, também, turistas locais e internacionais, e reforçará a imagem de inovação do Brasil no exterior."

Frota de Taxi no Rio e em São Paulo

Segundo a Associação das empresas de Taxi do Município de São Paulo (ADETAX), a frota atual, em 21 de maio de 2015, é de 33.974 veículos, que são divididos segundo a Lei do Táxi em dois setores, pessoas físicas e pessoas jurídicas.

Publicidade

A maior parte da frota, cerca de 89,73%, são de pessoas físicas, cujos proprietários são representadas pelo Sindicato dos Taxistas, o SINDITAXIS, possuindo isenções de impostos (IPI, ICMS e IPVA). Os outros 10,27% são de pessoas jurídicas, que se dividem por 58 empresas de frotas de táxi, representadas pela ADETAX e pelo SINETAXI, cujos veículos não possuem nenhum benefício de isenção de impostos. A idade média dos taxis em São Paulo é de 3 anos.

A idade média dos veículos do Rio de Janeiro variam entre 5 e 6 anos, a frota é a segunda do país, com 33.000 veículos. #Turismo