Aos poucos as empresas estão começando a lançar novas tecnologias vestíveis. Os relógios, que foram a primeira coqueluche, irão ceder seu lugar no palco para outros dispositivos tecnológicos. Semana que passou foi anunciado o lançamento de um novo dispositivo que logo estará no mercado. Trata-se de uma camisa que mantém a temperatura do corpo, independente da temperatura no exterior.

É preciso ver para crer, ou melhor, experimentar para acreditar. O produto é bom para quem mora em cidades frias. Melhor ainda para pessoas friorentas, mas que sentem-se mal, quando são obrigadas a colocar a camiseta, a camisa, outra camisa, o casaco, o sobretudo e uma manta.

Publicidade
Publicidade

Um gorro pesado completa a indumentária. A pessoa fica parecida com o homem das neves. Em dias muito frios até se evita sair de casa.

Está sendo anunciada para breve uma camisa que esquenta e esfria, de acordo com a temperatura do corpo, baseada em sensores. Assim, as tecnologias vestíveis confirmam o ano de 2015 como aquele onde vão evoluir e será preciso muita imaginação para descobrir o que vem por aí.

A camisa poderá ter sua temperatura ajustada para suportar o frio exterior. Na medida em que ele aumentar, a camisa reage e aumenta a temperatura para manter o calor. Quem antes o via tiritar de frio, entulhado de roupas, quase sem conseguir andar irá se assustar quando o ver vestindo uma camisa quase esportiva. Será difícil acreditar.

Você terá que dar toda uma série de explicações.

Publicidade

O calor fornecido poderá durar de 3 a 12 horas, dependendo da quantidade de calor utilizada. Um sensor (sempre eles, que se tornaram comuns para informar nossas condições físicas) mantém o controle do aquecimento do corpo. Se a pessoa correr, ele suspenderá o calor. Se a pessoa parar ele reativará o calor.

Recolha um pouco o seu entusiasmo. Se você costumava comprar camisas ou camisetas em feiras poderá ficar assustado. Sente-se, antes de saber o preço. Se você pensou em 100 reais, ficou longe. Se pensou em 500 reais, quem sabe leve a camisa, mas sem mangas. Por aqui ela irá custar perto de mil reais (o preço é US$ 250,00) que pode chegar mais caro devido aos impostos. #Inovação #Curiosidades