Amplamente usado na sociedade atual, o telefone celular pode trazer riscos à nossa saúde.

O alerta foi feito no relatório anual do conselho nacional de segurança americano. Ele foi publicado no início de junho de 2015, o mês nacional de segurança nacional e está disponível na internet. Os acidentes que acontecem com os celulares acontecem, na maioria dos casos, por distração do usuário. A publicação tem a finalidade de alertar para situações de perigo.

Os primeiros atingidos são os pedestres distraídos. O aumento do número de acidentes, que vão de simples encontrões, ou batidas em obstáculos não percebidos, ou atropelamentos devido a falta de atenção nos semáforos, recomendou sua inclusão no relatório que apresenta as estatísticas de acidentes.

Publicidade
Publicidade

Eles acontecem com pessoas mais jovens e, em menor número, ainda digno de registro, com pessoas na faixa dos 40 anos. O destaque é que a maior parte destes acidentes acontecem em casa. Por isso todo o cuidado é pouco, em local onde as pessoas sentem-se seguras.

Deborah A. Hersman, presidente e executiva-chefe do Conselho de Segurança Nacional, afirma: "nenhuma chamada, texto ou atualização, vale a pena uma lesão". Em seus gráficos esta situação simples é detalhada. As ocorrências são relatadas como lesões não intencionais, mas que podem chegar a provocar situações de morte e de elevado risco.

Outros acidentes ocorrem no carro, onde a proibição e multas devem se tornar mais rigorosas, ao levar em consideração que as recomendações e penas leves, parecem não ter "sensibilizado" os autores destes delitos.

Publicidade

No relatório final foram observados índices que relatam que 68% dos feridos eram mulheres, 54% de pessoas com menos de 40 anos. E o efeito mais comumente relatado foram lesões provocadas por quedas.

Quando se leva em conta lesões devida a outros motivos (tapetes e outros obstáculos) representam a quarta causa de morte entre os americanos, se compreende o destaque dado a uma aspecto pouco levado em consideração. Assim é importante que você atente a estes números. Apesar de não termos levantamentos que mostrem estes indicativos junto ao público usuário de celulares, estes números podem ser apropriados como algo que acontece com pessoas em outras localidades, já que a distração e abuso do celular em condições não recomendadas é o mesmo. #Educação #Medicina