A operadora TIM lançou na última terça-feira, dia 16, seu mais novo produto que deve movimentar o mercado de conteúdos televisivos. Considerada uma das maiores operadores de telefonia móvel do país, a empresa se adianta aos concorrentes e lança seu próprio conversor de TV digital terrestre, o equipamento comumente chamado set-top-box.

A empresa é conhecida pelos serviços de telefonia móvel, serviços no mercado de acesso a internet, banda larga, e a telefonia fixa, mas desde que foi aprovada a nova Lei de Serviço de Acesso Condicionado, as operadoras de telefonia, também passaram a poder atuar no campo da #Televisão no segmento de telecomunicações, no sistema de TV por assinatura.

Publicidade
Publicidade

O conversor de TV digital, como uma nova plataforma de TV além de garantir a conversão do sinal de TV Digital Terrestre (TVDT), que é gratuita, permitira a interatividade e integrará o acesso a conteúdos dos canais Netflix, YouTube, e da TV paga da empresa TV Alphaville. Não é um serviço que se confunde com os produtos como o "combo" normalmente oferecidos pelas empresas de TV ou Telefonia. O serviço chamado de Live TIM Blue Box é disponibilizado através do Live TIM, que cuida do setor de banda larga fixa por fibra óptica e faz a cobertura da capital paulista e das cidades cariocas do Rio de Janeiro, Duque de Caxias e Nova Iguaçu.

O gasto para ter acesso ao set-top-box e aos seus serviços está avaliado em torno de R$ 40,00. A TIM fornece o serviço do Live TIM Blue Box por um valor promocional de 9,90 reais, que não inclui a Netflix nem a TV paga da TV Alphaville, que são serviços contratados a outras empresas, pelo próprio assinante.

Publicidade

Interatividade

O projeto da Televisão Digital brasileira, aprovada pelo Decreto 5.820 de 2006, prevê o uso da interatividade, um projeto que desenvolve a associação do telespectador com o aparelho de TV, através do controle remoto, permitindo acessos a dados e informações que são mais característicos da Internet, mas não se confunde com esta, pois é transmissão por radiodifusão.

A interatividade baseada no programa brasileiro de middleware de nome Ginga C, que está sendo testado pelo governo brasileiro, no programa Brasil 4D, permite jogos e consulta a a serviços públicos como banco de emprego, agenda de cursos, farmácia popular, serviços da segurança social e outros.

O que não ficou claro é se o set-top-box da TIM também permitirá estes serviços, se tem o Ginga C embarcado nas configurações do equipamento. #Inovação