O site Xtreme Tech traz importante notícia para gáudio de muitos usuários e adeptos da tecnologia de ponta. A autorização foi assinada hoje (30 de julho de 2015) pelo presidente Obama. Foi autorizada a construção de supercomputador Titã.  O projeto será assumido pelo Departamento de Energia, pelo Departamento de Defesa e pela Fundação Nacional para Ciência. O projeto terá início imediato.

Para alguns, a justificativa foi a perda do primeiro lugar na área para a tecnologia chinesa. Para outros, a possibilidade de facilitar diversos projetos que necessitam de maior capacidade computacional.

Será o primeiro sistema exascale (aquele que tem mais de 1.000 petaflops, unidade que determina a quantidade de operações de ponto flutuante por segundo e que mede a velocidade da máquina).

Publicidade
Publicidade

Ele será o maior computador do mundo. O projeto responde às necessidades estabelecidas para o desenvolvimento da computação de alto desempenho.

Com a ordem emanada pelo presidente, será possível a construção de um sistema de computação muito superior ao de maior capacidade nos dias atuais. A computação analítica de dados ganha um grande aliado. A lei de Moore, que considerava que a cada dois anos o número de transistores presentes em um circuito integrado duplicaria, cai em desuso. O fenômeno é chamado no meio científico como a profecia da lei de Moore.

Outros campos, tais como tecnologia de rede, construção de algoritmos mais potentes e acessibilidade, estão na lista dos maiores beneficiados. Com a intervenção dos departamentos governamentais e aporte de recursos federais é possível observar um compartilhamento entre a academia, governo e iniciativa privada que pode trazer resultados que mudarão a face do vale do Silício.

Publicidade

A evolução tecnologia parece não ter limitações. Para outros parece estar nos levando rapidamente ao final dos tempos.

O prazo de 90 dias dado pelo presidente da maior potência mundial, com expansão do programa para fornecer sustentabilidade a projetos que utilizem por mais de cinco anos, garante o retorno da supremacia americana no campo dos supercomputadores, hoje perdida para a china.

É importante destacar que pela quinta vez consecutiva o supercomputador Tianhe-2 (milk way 2) lidera como o supercomputador mais rápido do mundo, de acordo com a 45ª edição da lista TOP500. Ele apresenta capacidade de 33,86 petaflops. Ela será superada, em muito, quando o supercomputador Titã estiver pronto. Somente a computação quântica poderá superar estes números. #Inovação