O uso dos blogs gratuitos é uma forma da empresa valorizar seus produtos e serviços, o conteúdo e as informações distribuídas gratuitamente, mas, se mal utilizado, pode se tornar uma propaganda negativa.

Assim, existem passos básicos para um bom planejamento e implantação de um blog corporativo: definir o público alvo; posicionar o tipo de relacionamento que se almeja manter com o consumidor; determinar se o blog está direcionado a compra imediata ou se está focado em informações para atrair consumidores em potencial; traçar um bom planejamento do conteúdo que será produzido, o volume, a periodicidade, quem vai escrever, traçar estratégias quanto ao tempo que será disponibilizado para pesquisas, redação, estudo da plataforma a ser utilizada.

Publicidade
Publicidade

O bom é que, na web, com o uso de blogs, um conteúdo aparentemente repetitivo pode ser utilizado para apostar em públicos diversos. Exemplificando, um assinante de determinado portal provavelmente irá procurar informações neste portal. Utilizando o mesmo conteúdo para públicos de outros portais, um blog pode vir a atingir vários públicos, de portais diversos, e até de classes sociais diferentes.

Ok, o Google penaliza a repetição de publicação, mas, quando se trata de diferentes canais a história muda um pouco de figura. Além disso, um blog não será descoberto de forma mágica, até que o #Google comece a varredura e publicação nas buscas sem que haja um grande investimento na divulgação de cada blog.

Há formas de parcerias, como sites que divulgam links de blogs gratuitamente. Basta fazer uma boa busca na web a fim de difundir a existência de seu blog.

Publicidade

Quantos mais blogs e mais itens publicados, mais visualizações das postagens e visitas ao site da empresa, sem contar que nessa movimentação o Google vai apontar para o seu blog mais rapidamente. A variedade de material publicado também faz o Google atentar para isso, mediante a badalação de suas postagens em pouco tempo.

Jamais publique apenas um item por semana, ou terá de esperar meses ou anos para que seu blog deslanche. Aposte em várias postagens semanais, com conteúdo atraente, palavras-chave bem elaboradas, badalação quase diária. Ofereça, ainda, posts via e-mail marketing, mas sem apelar para o condenado spam. Envie e-mail marketing através de um formulário em seu blog, com consentimento do consumidor.

Evite, ainda, aquelas ferramentas que parecem atraentes para manter o usuário em seu blog, mas que, na verdade, o empurra para outros sites e tira totalmente o foco desse usuário da sua empresa, como barra de vídeos, de notícias, de tradução, etc.

Por exemplo, um blog voltado para a venda de planos de saúde coloca o selo da ANS (Agência Nacional de Saúde), achando que vai dar mais credibilidade, e aí acaba levando o usuário para o site da ANS.

Publicidade

Ali, esse usuário começa a se interessar por outros conteúdos da ANS e se esquece de voltar para o seu blog e o que estava vendo lá, que antes era de seu interesse.

Um bom blog pede títulos chamativos, resumos bem específicos, fonte legível, como Arial 10 ou Verdana 10, não utilizar muitos widgets para não haver poluição visual, apostar em textos mais curtos, personalizar o blog, não falar sobre o mesmo que todo mundo, otimizar as buscas locais que sempre aumentam o interesse do usuário, usar o mapa de localização nas páginas de busca.

Um detalhe que sempre aumenta o interesse do usuário é, se possível, colocar CNPJ, endereço, telefone, pois passa bem  mais credibilidade ao consumidor. E, boas vendas!

 

  #Negócios #Internet