A versão web do aplicativo #WhatsApp apresentou uma série de falhas de segurança na semana passada. Tais falhas foram responsáveis pela exposição de dados de cerca de 200 milhões de usuários do aplicativo de mensagens instantâneas. A partir destes erros, os golpes "via whats" se intensificaram. Os mais famosos até o momento são os que oferecem falsos cupons de desconto. As mensagens com falsas promessas têm se espalhado de forma veloz através dos grupos, o que já lesou muitos usuários. Para evitar cair  em um desses golpes, veja a lista com algumas dicas para seguir e evitar que seja enganado.

Como se prevenir de golpes no WhatsApp

Nunca abra links que você não conhece.

Publicidade
Publicidade

Independente se estiver no Whats pelo celular ou pelo computador com a versão web. A maioria dos vírus que infectam os dispositivos são enviados através desses links. Informe-se antes sobre do que se trata tal url.

Não baixe nenhum tipo de conteúdo que desconheça a origem como, por exemplo, imagens, áudios ou até mesmo vídeos. Os vírus podem vir junto com estes conteúdos e rapidamente infectar seu dispositivo

Quando for baixar o Whatsapp ou WhatsApp Web, opte pela versão original encontrada no site oficial.

Não baixe em hipótese alguma as versões "azul" e plus. Elas têm sido recordistas no quesito vírus.

Não informe seus dados bancários através do aplicativo de forma alguma. Não informe também dados de PagSeguro ou PayPal. Caso queira realizar o pagamento de alguma compra que fez através do WhatsApp, solicite o link do site da loja para pagar diretamente de forma segura.

Publicidade

Algumas alterações nas configurações de privacidade são permitidas pelo aplicativo. Para redobrar sua segurança, permita que sua foto fique visível somente para seus amigos, tal como seu status e horário que visualizou pela última vez o app.

Informe-se ao receber algum tipo de cupom de desconto através do WhatsApp ou WhatsApp Web. Observe bem o tipo de promoção. Grande parte das empresas de credibilidade geralmente fazem esse tipo de contato por e-mail e não por WhatsApp. 

Portanto, seguindo essas dicas é possível diminuir os riscos de se tornar uma vítima golpes no WhatsApp. Logo, sempre que usar aplicativos, os usuários devem tomar o máximo cuidado possível. #Crime #Internet