A operadora Claro anunciou nesta terça-feria (27) que com o início dos testes na cidade de Anápolis de #Internet móvel 4,5G alcançará em torno de 30% a mais de velocidade atualmente em relação ao 4G.

Segundo dados divulgados pelo site especializado em tecnologia e telecomunicações Telesintase, a cidade de Anápolis em Goiás foi selecionada para o teste por conta de sua representatividade na região Centro-Oeste e em função da intensa demanda de dados móveis.

A tecnologia 4,5G é a intermediária para a fase de implantação da tecnologia LTE-Advanced (5G). Seu diferencial é a possibilidade de novas funções, como melhor eficiência no uso do sinal, permitido pelo agregamento de múltiplas faixas de frequência de mesma operadora.

Publicidade
Publicidade

Além de mais velocidade de acesso, não seriam necessárias grandes modificações de infraestrutura para seu funcionamento eficaz, por conta dessa menor latência de células da nova rede, aumentando sua capacidade de conexões.

Para simplificar o entendimento, o novo projeto piloto de tecnologia em internet tem sua base de referência no uso de aplicativos com demanda intensa de dados. O usuário terá a sua disposição uma navegabilidade de alta velocidade online, indicada para games e apresentação de vídeos, 30% mais rápido do que os sistema 4G (internet de ponta, até o momento no Brasil).

Nessa fase de transição para chegar a internet 5G ( LTE- Advanced), a companhia tem focado nos investimentos em infraestrutura no país, com a expectativa de priorizar a eficiência da rede. No fim do último ano, a operadora teria feito uma aquisição de alguns dos lotes mais disputados de 700 MHz, em leilão promovido pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Com o pioneirismo de ter trazido ao Brasil a tecnologia 3G e 4G, ao iniciar os testes no próximo mês de novembro com todos os esforços voltados para as operações na tecnologia 4,5G, a operadora reforça sua visão vanguardista, com o intuito de disponibilizar a melhor experiência em mobilidade de internet para seus usuários no país.

Publicidade

#Celular #Blasting News Brasil