Não é de hoje que  o Google é uma daquelas empresas que arriscam bastante e investem em novos projetos. Muitas vezes tudo vai muito bem e os produtos são um sucesso como o Gmail e Google Chrome. Isso para não falar daprópria ferramenta de buscas. Contudo algumas vezes a empresa amargou alguns fracassos como o quase obscuro Google Lively e o Google Wave.

Mas como a #Internet é um universo em constante  mudança é necessário inovar, criar produtos para atrair audiências e esse é o objetivo do Google com seu novo serviço chamado de YouTube Red.

O novo serviço que começa a funcionar a partir do dia 28 de outubro em terras norte-americanas e oferece alguns recursos interessantes, como a possibilidade assistir vídeos offline ou enquanto utiliza outros aplicativos, no caso de quem usa celulares e tablets.

Publicidade
Publicidade

Porém, os fatores que mais chamaram a atenção dos internautas foram a mensalidade de U$ 9,99 e a possibilidade de assistir aos vídeos sem qualquer tipo de propaganda.

Além da criação do YouTube Red, o Google anunciou um novo aplicativo, chamado YouTube Music, segundo informações da empresa, o novo serviço foi desenvolvido para ser a forma mais fácil e intuitiva de assistir, procurar e ouvir músicas já criada. O serviço estará disponível em breve para todos os assinantes do YouTube Red.

Um ponto importante  já confirmado pelo Google é que ao assinar o serviço do YouTube Red, o usuário ganha acesso Google Play Music, podendo acessar grande parte do conteúdo disponível, além disso não haverá restrições e o usuário poderá acessar sua conta em qualquer dispositivo em que fizer login.

 A última novidade relacionada ao YouTube Red é a produção de conteúdo exclusivo para a plataforma, contudo ao invés de pagar para celebridades e famosos produzirem conteúdo, a empresa decidiu investir em conteúdo produzido por seus maiores produtores, como o sueco Felix Kjellberg, conhecido PewDiePie, que faturou cerca de 7 milhões e meio de dólares em 2014 e possui o maior número de inscritos da rede social em seu canal que fala sobre games.

Publicidade

Além de Felix, diversos canais de humor norte-americanos produzirão conteúdo exclusivo para a plataforma.

.

O YouTube vai ser pago agora?

Não. Segundo o Google, o YouTube continuará gratuito, incluindo suas novas ferramentas como o YouTube Kids e o YouTube Gaming.

A criação dos serviços como YouTube Red e YouTube Music, mostram que a Google pretende não apenas disputar o mercado de música digital diretamente com serviços como o Spotify, mas consolidar o YouTube como uma plataforma definitiva de #Entretenimento na web, investindo na produção de conteúdos exclusivos, além do investimento grande que fizeram para ganhar uma fatia da audiência de transmissões de games através do YouTube Gaming.

O Google tem investido bastante no YouTube devido ao crescimento da plataforma e também ao grande ambiente que envolve #Negócios, como campanhas publicitárias, que se tornam virais e os bilhões de visualizações que são geradas diariamente. Contudo, o Google precisa cuidar e investir de forma correta em sua plataforma, pois o Facebook recentemente ultrapassou 4 bilhões de visualizações diárias em sua plataforma de vídeos, podendo se tornar uma ameaça em um futuro próximo.

Publicidade

Por enquanto só resta esperar até dia 28 de outubro para ver como os norte-americanos avaliam o YouTube Red  e futuramente o YouTube Music para se ter uma ideia se os novos produtos do Google emplacarão ou se serão ignorados pelo público.

Você pagaria uma mensalidade para obter os recursos extras do YouTube Red?