O YouTube anunciou hoje, quarta-feira 21 de outubro, o lançamento de uma oferta para subscrição paga. Será o “Red YouTube” que o subscrito pagante não terá o incomodo de assistir aos vídeos com os anúncios que atualmente estão tomando conta do YouTube.  O lançamento oficial desta oferta será nos EUA em  28 de outubro  e terá o custo de US$ 9,99 por mês.

A marca YouTube, possui mais de 1 bilhões de usuários e é a ferramenta de vídeos mais popular da internet no mundo. Por ter se tornado um gigante da internet o YouTube entendeu as necessidades de seus usuários e também anuncia o lançamento do “Music YouTube”, que irá oferecer os vídeos de artistas catalogados.

Publicidade
Publicidade

O lançamento do “Music YouTube” foi um pedido do #Google Play,loja online de músicas da Google.

"YouTube Red marca uma evolução em nosso desejo de dar aos fãs mais escolha e conteúdo que eles valorizam e uma utilização mais agradável" comentou Robert Kyncl, gerente operacional do YouTube.

Uma das funcionalidades já adiantadas pela empresa é a possibilidade que os usuários do “Red YouTube” terão de salvar os vídeos em seus computadores e ou aparelhos móveis para futuras visualizações mesmo em modo offline.

Máquina de ganhar dinheiro

O Google, desde sua criação até os dias atuais, sempre busca proporcionar as melhores experiências aos usuários de suas aplicações e sistemas. Também proporciona aos usuários ferramentas que movimentam milhões em publicidade facilitando a vida de anunciantes e clientes, com mecanismos de busca bem avançados e inteligentes que percebem o que o internauta esta procurando com base em informações registradas nos cookies.

Agora com o “Red YouTube “ o Google irá transformar a sua maior ferramenta de vídeos online em mais uma máquina de ganhar dinheiro, além de ganhar com os anúncios agora irá ganhar com os usuários que não gostam dos anúncios.

Publicidade

É admirável o poder que uma marca já consolidada consegue fazer para acumular riqueza.

Para o lançamento as expectativas são boas, mas isso só o tempo dirá, a adesão ao sistema pago pode não ser tão bem vinda aos usuários como se pensa, e nem aos anunciantes. O que promete trazer mais adesões é a possibilidade de armazenamento dos vídeos para assistir em modo offline. #Comunicação #Mídia