A cidade de Brasília entrou oficialmente para o calendário da Campus Party no Brasil. Este é o maior evento de tecnologia do país e um dos maiores do mundo. Originalmente nascido na Espanha, hoje a Campus Party se espalhou por vários países, como Colômbia e México.

O próprio governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, celebrou o anúncio em comunicado oficial. "Estamos com uma expectativa muito positiva de receber a Campus Party em Brasília no ano de 2017. Essa é uma vocação da nossa cidade: ser um grande centro de eventos de caráter científico e tecnológico, cultural e esportivo, profissional e político", disse o governador no vídeo.

Publicidade
Publicidade

"Nós queremos transformar Brasília na vanguarda de um novo modelo de desenvolvimento para o país, sustentado nos pilares da educação, da ciência, tecnologia e #Inovação, da cultura, do turismo e do meio-ambiente".

"Vocês serão muito bem-vindos", continuou. "Queremos que vocês venham desenvolver suas atividades em Brasília, aqui que é a capital de todos os brasileiros. Portanto, sejam bem-vindos. Vocês vão aproveitar uma cidade que é muito atraente, muito generosa e muito acolhedora".

O evento

A Campus Party reúne comunidades e usuários especialistas em #Internet, envolvidos com tecnologia e cultura digital. Hoje consolidado no Brasil, o evento é um dos principais encontros de incentivo à inovação, ciência, criatividade e entretenimento digital. São promovidas atividades entre estudantes, cientistas, instituições de ensino e entusiastas de novas tecnologias.

Publicidade

A primeira edição aconteceu em 1997, na Espanha. Já no Brasil, a primeira cidade a receber a Campus Party foi São Paulo, em 2008. A partir de 2012, Recife também passou a receber o encontro. Em 2015, as edições somaram 12 mil de participantes - 8 mil em São Paulo e 4 mil em Recife. A expectativa do Governo do Distrito Federal é de 3 a 4 mil pessoas compareçam, entre moradores da capital e visitantes de outros estados.

Em 2016, a primeira Campus Party será em São Paulo, no Anhembi, já no mês de janeiro. #Tendências