Num mundo totalmente conectado e, em sua maior parte automatizado, aquele que não se entende minimamente com o básico da tecnologia está ficando, assim como um pager, vhs, fita k7 e disquete, obsoleto.

Pensando em tecnologia, nossos celulares fazem praticamente tudo: lembram-nos dos nossos compromissos, fazem chamadas convencionais e de vídeo de qualquer lugar do mundo (algo até pouco tempo concretizado apenas pelos filmes), monitoram nossa saúde (S Health da Samsung e Saúde da Apple), mandam e recebem lista de compras das nossas geladeiras e mandam comandos para as nossas cafeteiras, entre muitos outros recursos. Os carros estacionam sozinhos e possuem sistemas computadorizados, que equalizam o peso do veículo em curvas aumentando a estabilidade e segurança do motorista e passageiros.

Publicidade
Publicidade

Toda a informação do mundo está apenas a um toque de distância

Toda esta informação representa patrimônio de extrema importância nos mais diversos segmentos da indústria e comércio e, quando esta informação se apresenta por meio digital, ela deixa de ser apenas bytes armazenados em um conjunto de dados e passa a ser uma ferramenta em prol de um objetivo.

A Tecnologia da Informação (TI) pode ser definida como o conjunto de todas as atividades e soluções providas por recursos computacionais que visam permitir a obtenção, o armazenamento, o acesso, o gerenciamento e o uso das informações e, apesar de sua estrutura organizada e tecnológica, ela depende do aparato humano para se manter e se desenvolver de acordo com a demanda de cada empresa/pessoa.

Seguindo esta linha, o setor da Tecnologia da Informação mantém grande prospecção de crescimento figurando como a segunda profissão indispensável, segundo o site Love Mondays, pelo menos até meados de 2025.

Publicidade

Cada vez mais, profissionais da área são procurados a fim de aprimorar a experiência com a tecnologia e desenvolver ferramentas que facilitem o cotidiano e tornem os procedimentos mais eficazes. Inobstante a isso, as empresas vêm investindo cada vez mais nesse setor dentro de suas áreas a fim de criar mecanismos personalizados aos seus clientes e demandas, na tentativa de se sobressair perante a concorrência e fidelizar o consumidor.

Em 10 ou 20 anos, talvez menos, a inserção da tecnologia pode estar tão arraigada ao nosso dia a dia e, tão desenvolvida, que muito será feito via controle remoto e programado previamente - momento em que programadores e profissionais da área de TI serão absolutamente indispensáveis e essenciais, mais do que são hoje. #Educação #Inovação #Internet