Envio de SMS para avisar o cliente de uma transação recém-efetivada ou ainda o uso de uma selfie como senha para liberar um pagamento, estas são algumas das inovações do novo século para combater as constantes clonagens de cartões e, com isso, o roubo de dados e informações destes.

Para avaliar estas inovações, o site Blasting News Brasil procurou o especialista em TI (Tecnologia da Informação), Bruno Telles. Segundo Bruno, apesar de importantes e vistas como necessárias, tais inovações ainda são passíveis de falhas.

“Toda e qualquer ideia é importante, mas, pelo menos até o momento, não se criou algo que impeça de forma 100% o roubo de dados de um cartão de crédito.

Publicidade
Publicidade

O envio de SMS apenas pode garantir que o cliente cancele a transação, mas não impede que o cartão seja clonado. Já com relação a selfie, ela vai funcionar por meio de um sistema biométrico específico para a face, mas isso não garante que não existirá falhas. No entanto, a biometria é o sistema que existe hoje com as menores possibilidades de fraudes, o que já é um avanço significativo”, afirma Bruno. #Inovação #Opinião #Celular