A famosa e aclamada Motorola deixará de existir. Após ser comprada pela Lenovo por U$S 2,91 bilhões, a empresa chinesa decidiu que irá mudar o nome da icônica fabricante norte-americana. Rick Ostetloh, diretor de operações da Motorola, afirmou: ''Lentamente iremos eliminar o nome Motorola e focar apenas em Moto'', disse em entrevista ao site de tecnologia CNET. 

Na prática, a divisão Motorola continuará a mesma, e o ''M'' continuará aparecendo na linha de celulares. A partir de agora, a divisão de celulares Lenovo e Motorola serão unificadas e os celulares vindos desse setor passarão a vir com a marca ''Moto by Lenovo''.

Publicidade
Publicidade

A Motorola Solutions, que é voltada para o mercado corporativo e governamental, permanecerá com esse nome, pois não foi adquirida pela gigante chinesa. 

A Lenovo, maior fabricante de computadores do mundo, comprou a Motorola com o intuito de fortalecer a sua participação no mercado de smartphones, principalmente na América. Essa estratégia de mudar o nome da empresa estadunidense tem o objetivo de fortalecer o nome da Lenovo na América e Europa, já que nos mercados asiáticos, a companhia já possui uma base sólida de usuários. 

A Compra

Inicialmente, a #Google adquiriu a empresa de celulares para ter acesso ao acervo de patentes da Motorola. Chegou a lançar novos celulares, como os primeiros Moto G e Moto X, que tiveram grande aceitação do público pelo preço acessível e qualidade. Contudo, há um ano, a Lenovo comprou a Motorola da Google pela bagatela de US$ 2,91 bilhões, afim de crescer no mercado de celulares no mundo.

Publicidade

Mesmo após a aquisição pela Lenovo, a Motorola tem feito bons smartphones e apresentando soluções viáveis para os mercados emergentes, como o Brasil. Por aqui, a Motorola tem uma grande base de usuários, sendo uma das maiores vendedoras de celulares no país. 

A Lenovo entrou oficialmente no mercado brasileiro há um mês com o Vibe. Apesar de ainda não ter tantos usuários, a empresa fez um bom trabalho no smartphone, que possui construção parecida com a da Motorola.  #Negócios #Android