O Facebook é a rede social mais popular do mundo e já deixou para trás grandes concorrentes como o MySpace, entre outros.

Até no Brasil, onde o Orkut reinava absoluto, aos poucos o espaço foi sendo tomado pelo Face, que acabou assumindo a liderança e encerrou a rede social do Google.

Há quem diga que tudo na #Internet muda rápido demais e quem hoje está por cima, amanhã poderá estar por baixo, mas depois de tanto tempo na liderança e fechando 2015 com números tão positivos, será que o fim do Facebook está próximo?

Tudo indica que o Facebook não terminará em 2016 e muito menos nos anos seguintes, pois Mark Zuckerberg fez bem a lição de casa, ficou atento aos erros do passado cometidos por outras redes sociais e vem fazendo de tudo para que os usuários do Facebook não busquem outras plataformas, apesar da concorrência ser cada vez maior.

Publicidade
Publicidade

Um dos motivos que tem ajudado o face a manter-se na liderança é que Zuckerberg está atento a esta concorrência e vem comprando empresas que possam vir a ameaçar seu reinando, como aconteceu com o WhatsApp e também com o Instagram, que agora pertencem ao Facebook.

Há vários concorrentes de pequeno porte e estes estão longe de causar qualquer tipo de preocupação. Uma característica comum às pequenas redes sociais é que elas surgem, dão sinal que vão crescer rapidamente, mas logo param de receber novos usuários. É como se as pessoas fossem lá, experimentassem e voltassem correndo para o Facebook.

Então estes são dois fatores que influenciam diretamente a liderança do Facebook pelos próximos anos, primeiros porque faltam concorrentes à altura e segundo porque os grandes foram adquiridos por Zuckerberg.

Publicidade

O TWITTER PODERÁ ACABAR COM O FACEBOOK?

Existe esta crença de que o Twitter poderá acabar com o Facebook, mas esta teoria é pouco aceitável, principalmente pelo fato de que são redes sociais completamente diferentes.

Quando se acessa o Facebook o usuário tem motivos completamente diferentes de quando acessa o Twitter.

Claro que na internet já existem as torcidas defendendo uma ou outra rede social, mas na prática o que vemos é que elas convivem muito bem e cada uma tem seu público, suas metas e seus objetivos.

O que pode e deve acontecer nos próximos anos é que o Facebook tenha que ser reinventado por ele mesmo porque os usuários já estão dando sinais de cansaço e querem novidades.

Só que como não há novidades no mercado, vão continuando com o Facebook até que surja algo novo.

Para não esperar que isto aconteça, o próprio Facebook já vem preparando algumas mudanças, mas que não sejam radicais, pois um passo em falso agora poderia colocar muita coisa a perder.

Você prefere utilizar o Facebook, o Twitter ou outra rede social? Comente! #Comportamento