O mercado de smartphones está cada vez mais marcado por diversas inovações, desde tela curva até sensores de pressão na tela do aparelho. Dessa vez a inovação é um pouco diferente. Não se trata da tecnologia em si, mas do preço. Nessa quarta-feira (17/02) a empresa indiana Ringing Bells lançou o seu novo aparelho, o Freedom 251, nome que faz alusão ao seu preço, de 251 rúpias (cerca de 16 reais, na cotação atual).

O aparelho vem com especificações modestas, porém interessantes. Ele vem com um processador quad-core 1,3 GHz, 8 GB de armazenamento (expansível com cartões microSD), câmara de 3,2 megapíxeis, tela de 4 polegadas e #Android 5.1.

Publicidade
Publicidade

No Brasil, um #Celular com especificações semelhantes custa algo em torno de 400 reais.

Segundo o site QUARTZ, a empresa recebeu milhões de subsídio do governo de Narendra Modi para que o celular conseguisse chegar à população. O objetivo, segundo o fabricante, é que o celular chegue as zonas mais remotas da Índia, como as zonas rurais e sub-urbanas, levando, assim, informação para essas regiões.

Além disso, ele recebe apoio do programa "Make in India", criado em setembro de 2014, que traz incentivos para as empresas produzirem celulares dentro do país. Incentivo que trouxe até companhias grandes como Samsung e Lenovo para dentro do país. Com isso, o aparelho também traz aplicativos pré-instalados desenvolvidos na Índia.

Com esse pequeno preço, vieram grandes polêmicas. Segundo o site indiano BGR o celular se trata de uma versão modificada do aparelho Adkon Ikon 4, Smartphone também indiano, vendido por 4000 rúpias (algo cerca de 235 reais).

Publicidade

A única diferença é da câmera modificada de 5 megapixels para uma de 3.2. Inclusive, algumas versões que estão sendo mostradas nas redes sociais mostram o aparelho com o logo da Adcom, ao invés do da Ringing Bells.

Outra coisa que tem sido observada são as várias semelhanças do aparelho com o iPhone 6, desde seu exterior até seu software, com ícones muito semelhantes com os do iOS da Apple.

As pré-vendas começam nesse dia 18, com entregas previstas para junho na Índia. Não se possui qualquer informação sobre a possibilidade dele ser vendido no exterior. Mas pelo preço, você compraria um?