Muitas pessoas já entraram em sua conta do Facebook ontem, dia 26, e levaram um susto. É que a rede social de Mark Zukerberg está de cara nova e promete levar casais à loucura. O criador da mídia social anunciou durante a semana a inserção de cinco novas reações às postagens: 'Amei', 'Haha', 'Uau', 'Triste' e 'Grr’. O tradicional ‘Gostei’ permanece também. A ideia entrou em teste em sete países dos quais o Facebook tem domínio desde outubro e foi aprovada para entrar em vigor ontem no resto do mundo.

Se um simples “like” em uma foto poderia levar namoradas ciumentas a terminar relacionamentos, os usuários da rede já estão apavorados com as novas reações.

Publicidade
Publicidade

O ‘amei’, por exemplo, é expresso por meio de um coração vermelho.

Os usuários gringos também podem ter acesso às opções de botões, que em inglês são chamados de "Love", "Haha", "Wow", "Sad" e "Angry".

Sammy Krug, gerente de produto do Facebook deu entrevista para a imprensa brasileira e explicou qual é a ideia dos novos botões.

 “As pessoas vão ao Facebook para compartilhar todo tipo de coisa, coisas que as deixam felizes, tristes ou bravas”, esclareceu.

Como usar

Quem ainda não entendeu como funciona, existe um jeito para poder fazer com que as novas opções de reações aos posts apareça. Basta que o usuário pressione o ícone do botão de ‘curtir’. Logo após, é apresentado um pequeno menu de imagens.

“Muitas pessoas compartilhavam com a gente que gostaria de mais formas de se expressarem”, falou o gerente do Facebook.

Publicidade

‘Orkutização’ do Facebook

Alguns usuários reprovaram a ideia e julgam que eles estão “orkutizando a rede”, o que pode gerar uma saída espontânea por desinteresse dos usuários com o tempo.

Inicialmente, o Facebook alertou que está respondendo ao usuários, que sempre curtiam postagens de avisos de falecimento, por exemplo, quando na verdade gostariam de dizer que também estavam tristes e não queriam escrever.

“Nem todos os momentos são bons", reconheceu Sammy.

Os botões podem apenas ser usados em publicações e não comentários. O Facebook não tem intenção ainda de oferecer essa opção. #Entretenimento #Internet