Um norte americano criou um modelo de arma de fogo no formato de iPhone para driblar olhares que despertam espanto e pânico. A intenção do inventor foi de não “chocar”, principalmente as crianças, em locais públicos ao estar portando uma arma. Sabe-se que nos EUA portar uma arma é mais comum que aqui no Brasil, porém isso é motivo de grandes discussões por lá - um país onde é proibido andar nas ruas com bebidas alcoólicas desembaladas, por outro lado o porte de arma é liberado.

A nova arma já levanta questionamentos sobre as diversas intenções de seu uso, mesmo assim a fabricante, Ideal Conceal, aposta neste mercado. Prevê o lançamento e a disponibilização para venda entre junho e julho deste ano.

Publicidade
Publicidade

O desenvolvedor desta ideia, Kirk Kjellberg  relata que só queria criar uma arma que não incomodasse as outras pessoas, e como os smartphones estão em todo lugar, logo surgiu a ideia.

Segundo Kirk, a arma está prevista para ter um custo a partir de US$ 395 (doláres), preço bem parecido com o de um smartphone. Por incrível que pareça mesmo antes do lançamento o objeto já é alvo de desejo de mais de 2.500 pessoas, que já manifestaram interesse através de e-mail enviado a Kirk.

O posicionamento das autoridades de segurança nos EUA é apenas de preocupação, como disse, Bill Johnson, que é diretor da Associação Nacional de Organizações Policiais dos EUA, “o conceito de uma arma disfarçada, de modo que não seja visível que se trata de uma arma, é um bom motivo para preocupação”.

Assim como no Brasil existem outros países que também sofrem as graves consequências de uma herança cultural, que é difícil de ser desconstruída.

Publicidade

O importante é que haja bons debates acerca de temas polêmicos para que certos comportamentos sejam repensados e estudados de vários pontos de vista. Assim pode-se saber até que ponto é possível confiar nas boas intenções de ‘grandes ideias’ como a de Kirk.

Muitos americanos que tiveram seus amigos e parentes vítimas de arma de fogo, aguardam ansiosos a proibição do porte de armas.  #Apple #Opinião #Celular