Em Nova York, uma empresa é vítima de ataques dos famosos hackers. A empresa da Verizon sofreu graves prejuízos com a situação crítica. Foram roubados informações de contato dos clientes corporativos da Verizon na última quebra de uma grande empresa ou organização. A suspeita é de que parceiros da empresa tenham dado dicas para os hackers. A empresa que atua na área da telecomunicação está em busca da recuperação dos dados e claro na captura dos infratores. O mais incrível é que conseguiram roubar os dados em pouco tempo.

A gigante empresa de telecomunicações de Nova York disse nessa quinta-feira que sua unidade de Soluções Verizon Enterprise, que disponibiliza serviços de TI para outras grandes empresas, descobriu e corrigiu uma vulnerabilidade de segurança em um portal do cliente.

Publicidade
Publicidade

Verizon diz que está informando seus clientes sobre a falha. Essa experiência ruim servirá de alerta para que a empresa renomada venha ter mais cautela com seus dados. A empreiteira disse que não tinha dados sobre os clientes de consumo envolvidos na violação. 

De acordo com um relatório feito nesta quinta-feira do jornalista de segurança chamado Brian Krebs estava notificado que um banco de dados com as informações dos contatos dos clientes da empresa que eram cerca de 1,5 milhões estavam a venda em um fórum de cibercrime subterrâneo bem protegido. Se atitudes não serem tomadas a fim de evitar o progresso clandestino do fornecimento dos dados é certo que a empresa ficará manchada e falirá. A venda ilícita foi detectada no início desta semana.

A Verizon não respondeu de imediato as perguntas sobre o que o problema de segurança ocorrido ou de como ele foi descoberto e quantos clientes foram afetados.

Publicidade

A empresa espera que os clientes não venham sofrer tantos prejuízos como imaginam. Portanto, tudo isso foi provocado pela irresponsabilidade de Verizon que não identificou essa falha de segurança grave trazendo problemas para os clientes. Agora cabe a empresa agir rápido para resgatar os dados antes que seja tarde demais. #Negócios #Finança