A versão brasileira do buscador da empresa multinacional de tecnologia #Google está fazendo uma homenagem para o cantor brasileiro Agenor de Miranda Araújo Neto, cujo apelido - desde que nasceu - sempre foi Cazuza, nesta segunda-feira, 4 de abril, dia em que o cantor comemoraria o seu 58º aniversário se estivesse vivo. Um desenho do cantor apresentando um de seus shows sob holofotes e uma multidão de fãs ilustra o logotipo do Google até o final do dia.

Poeta, Cazuza nasceu na cidade do Rio de Janeiro e tornou-se o compositor mais admirado da #Música popular brasileira e um dos músicos mais conhecidos de todo o Brasil. Foi vocalista da Banda Barão Vermelho, e compôs cancões até hoje admiradas, como "Pro Dia Nascer Feliz", "Maior Abandonado", Todo Amor Que Houver Nessa Vida", "Bilhetinho Azul" e "Bete Balanço".

Publicidade
Publicidade

Medindo 1,76m de altura, com pé 42, pesando cerca de 68 quilos e filho de uma família rica, Cazuza podia ser considerado um galã. Completamente a favor do direito à liberdade de o ser humano escolher ser o que quiser, ele declarou em diversas entrevistas que era bissexual. Era visto como alguém que não levava uma vida agarrada a padrões. Pelo contrário, era insubordinado e polêmico.

Filho do produtor fonográfico João Araújo, e da também cantora Lucinha Araújo, Cazuza sempre foi cercado por grandes ícones da MPB, como Caetano Veloso, Gilberto Gil e Elis Regina. Enquanto passava férias em Londres no ano de 1972, o astro conheceu as músicas dos Rolling Stones, Led Zeppelin e Janis Joplin, dos quais tornou-se fã.

Seu pai lhe prometera um carro caso ele fosse aprovado na universidade, e por isso o cantor entrou para o curso de Comunicação Social em 1976.

Publicidade

Passou só três semanas. Seu pai, fundador da gravadora Som Livre, o colocou no departamento artístico da empresa. Em seguida, Cazuza foi para a Assessoria de Imprensa, divulgando novos trabalhos dos artistas da casa.

Ele terminou sua vida no dia 7 de julho de 1990, aos 32 anos, vítima da AIDS. Desse dia em diante, deixou órfãos milhões de fãs que admiravam e até hoje admiram o seu trabalho, visto que Cazuza jamais foi esquecido. No ano de sua morte, os pais de Cazuza fundaram a Sociedade Viva Cazuza, focada em prestar ajuda a crianças e adolescentes portadores do vírus da AIDS.

Recentemente, a operadora de telefonia Vivo, em parceria com a fabricante de eletrônicos Samsung, fizeram uma releitura da música Exagerado para a campanha de Dia dos Namorados 2015. Você confere o clipe abaixo:

#Internet