Os serviços de streaming já são uma realidade brasileira. Há, inclusive, quem já tenha abortado os planos de TV por assinatura e optado, única e exclusivamente, por assistir filmes e séries via Netflix, streaming mais utilizado do segmento.

Para quem faz parte do clube de assinantes, uma nova possibilidade atrelada ao serviço pode estimular ainda mais seu uso: a Netflix estuda a possibilidade de oferecer conteúdo offline aos seus assinantes, ou seja, sem necessidade de conexão à #Internet. Em tempos nos quais é discutido o limite de uso nos planos de internet fixa, a notícia cai como uma luva!

Na última semana, durante a conferência de balanço financeiro do primeiro trimestre do ano, a diretoria do Netflix foi questionada sobre o assunto pelo repórter do site Re/code, especializado em tecnologia.

Publicidade
Publicidade

Em resposta à pergunta, Reed Hastings, CEO da empresa, foi categórico e sinalizou positivamente a possibilidade de oferecer conteúdo offline: ''Devemos manter a mente aberta quanto a isso (a oferta de vídeos offline). Nós temos nos dedicado muito ao 'clicar e assistir', na beleza e simplicidade do streaming. Conforme nós expandimos nosso negócio ao redor do mundo, para locais onde vemos oferta desigual de redes, essa é uma possibilidade para a qual devemos manter a mente aberta", comentou o executivo.

Na prática, os usuários poderiam ter acesso a todo o conteúdo disponibilizado pela plataforma, mesmo sem conexão – seja ela estável ou não - à internet. Apesar de mais detalhes sobre o processo não terem sido divulgados, acredita-se que ao acessar determinada série ou filme seria possível baixá-lo em qualquer um dos dispositivos compatíveis, assim como acontece com o serviço oferecido pela concorrente Amazon.

Publicidade

O único pré-requisito seria possuir capacidade de armazenamento no aparelho.

A possibilidade de assistir à Netflix mesmo sem internet já é um desejo antigo dos usuários. Entretanto, a empresa sempre se mostrou contrária à possibilidade, afirmando que ''tal decisão seria um regresso, já que conteúdo offline não é mais interessante''. #Entretenimento