O Telegram é uma criação independente de dois irmãos russos, os Durov, responsáveis pela administração da rede social mais famosa em seu país, o VK. O aplicativo de mensagens, entretanto, não possui qualquer ligação com esta rede. Ao contrário de Zuckerberg e seu Whatsapp, os russos buscaram uma proposta diferente que tem logrado sucesso. Mas afinal, o que o Telegram tem de tão diferente?

A grande sacada é relacionada com sua privacidade: todas as conversas são criptografadas. Ao contrário de seu concorrente, o Telegram se foca em proteger as informações do usuário e deixar claro que não armazena qualquer tipo de informação sua.

Publicidade
Publicidade

Mais funções? O aplicativo ainda conta com recursos de stickers, gifs em conversas, menção de contatos com o uso de '@' para gerar uma notificação especial direcionada (ex. @arthur), uso de hashtags para facilitar buscas compiladas de todos os links postados numa conversa, entre outros.

No quesito proteção, o aplicativo surpreende. O Telegram possui uma série de recursos interessantes que o Whatsapp nunca sonhou em explorar. Que tal ver alguns exemplos?

- Auto destruição e chats secretos: Nesse recurso, você tem certeza que todas as suas conversas são protegidas por criptografia. Ao abrir um chat secreto com alguém, todas as informações como fotos e mensagens enviadas serão apagadas depois de um tempo, além da funcionalidade indicar quando alguém da conversa tirou um print screen. 

- Envio de documentos: é isso mesmo, ao contrário do Whatsapp, você pode enviar documentos dentro de conversas, em .pdf e qualquer formato do Office com limite de até 1,5GB.

Publicidade

Prático, não?

- Senha: no Telegram, é possível configurar com uma senha numérica a abertura do aplicativo, assim, só você terá acesso a ele. 

Independência: o aplicativo não vincula seu número de #Celular, isso faz com que ele seja imune a quedas causadas por operadoras como as que vimos com o Whatsapp. 

- Versatilidade: o mensageiro funciona em todo lugar, Windows Phone, Android, iOS, MAC, PC, Linux, é só escolher. Ele estará sempre interligado, sincronizado e permitindo que você faça backup de suas informações a qualquer momento, já que estas, ao contrário do Whatsapp, são todas armazenadas na nuvem.

Gostou? Que tal dar uma chance ao aplicativo? #Comunicação #Desenvolvimento Tecnológico