Os Jogos Olímpicos de Verão estão se aproximando. A Rio 2016 se iniciará no dia 5 de Agosto e chegará ao fim no dia 21 do mesmo mês. Atualmente, profissionais do Rio de Janeiro estão correndo atrás de aprendizado para aprimorarem seu trabalho durante as Olimpíadas. O Brasil receberá milhares de estrangeiros, e é necessário saber se comunicar com os turistas que estarão em nosso país para acompanhar os jogos.

O #Google Tradutor, popular site e aplicativo de tradução, lançou a iniciativa de ensinar profissionais que trabalham com atendimento a usarem os recursos oferecidos no serviço. No Rio de Janeiro, um pequeno workshop já foi feito em Copacabana com taxistas, cobradores do transporte público, entre outros profissionais da área de atendimento, para ensiná-los a se comunicarem no dia a dia, traduzindo textos e áudios.

Publicidade
Publicidade

Existe a estimativa que o Rio de Janeiro venha a receber média de 10 mil atletas advindos de mais de 200 países, além de meio milhão de turistas. Com tamanha quantidade de estrangeiros na capital carioca, é quase obrigatório que trabalhadores de empregos que envolvam comunicação venham a aprender formas de atender clientes de fora.

O projeto tem parceria como 99táxis, Fetranspor, Uber e Rio Ônibus. A equipe do Google deverá passar por vários estabelecimentos oferecendo o curso do aplicativo.

Não só os brasileiros tem se preparado para receber os gringos, como também eles para virem ao país. Muitos estão aprendendo um pouco de português e se informando sobre questões como alimentação, transporte e saúde pública. A OMS indicou que os visitantes estrangeiros façam sexo seguro, utilizando camisinha até mesmo seis semanas após deixarem o Brasil, para evitar contágio do zika vírus.

Publicidade

Em meio a todos os projetos envolvendo os Jogos Olímpicos no país, nem tudo são flores. Muitos brasileiros estão descontentes com a realização do evento, alegando que há questões mais importantes a receberem dinheiro público que a Rio 2016. Muitos ressaltam que há países europeus que se recusaram a sediar Jogos Olímpicos de Verão e Inverno somente para não tirarem dinheiro dos cofres públicos, mesmo tendo capacidade para isso. #Turismo #Rio2016