Nesta segunda-feira (2), o juiz Marcel Maia Montalvão, da Vara Criminal de Lagarto, no Sergipe, determinou que a partir das 14:00h todas as operadoras de telefonia suspendessem o acesso de seus clientes ao Whatsapp por 72 horas.

Segundo o site G1, o juiz tomou a decisão após acatar um pedido feito pela Polícia Federal, em uma investigação que se iniciou após uma apreensão de drogas na cidade de Lagarto. Montalvão havia solicitado em 2015 dados sobre usuários do #WhatsApp que usavam o aplicativo para trocar informações sobre entorpecentes. Como o Facebook, que é dono do Whatsapp, não forneceu as informações solicitadas, o juiz determinou que o acesso ao aplicativo fosse interrompido por 3 dias em todo o Brasil.

Publicidade
Publicidade

Burlando a restrição

Par continuar usando o Whatsapp, existe uma solução extremamente simples e totalmente dentro da lei, que é a utilização de uma VPN (Virtual Private Network, ou Rede Privada Virtual, em tradução livre).

Todo dispositivo que se conecta à #Internet recebe uma identificação, conhecida como IP (Internet Protocol, ou Protocolo de Internet). O que uma VPN faz, em uma linguagem simples, é modificar virtualmente o local onde o usuário se encontra, atribuindo ao mesmo outro IP. Na prática, o usuário parece estar em outro país ou mesmo continente, e como a restrição do Whatsapp só vale para o Brasil, o aplicativo volta a funcionar. Para a instalação, basta o usuário ir até a Google Play Store, no caso de dispositivos Android, ou à App Store, no caso de aparelhos com IOS. Então, entrar na pesquisa e digitar “VPN”.

Publicidade

A solução, porém, pode apresentar algumas desvantagens, como, por exemplo, lentidão no acesso. Por isso é importante o usuário fazer uma pesquisa prévia antes da instalação de uma VPN, para ter certeza da qualidade do serviço prestado. Além disso, é importante lembrar que quando uma Rede Privada Virtual está ativa, toda comunicação via internet pode passar a ser acessível para os criadores da ferramenta, podendo revelar a uma pessoa mal intencionada informações confidenciais.

Existem vários aplicativos do tipo VPN disponíveis, por isso, antes de instalar algum deles, é importante o usuário verificar as avaliações feitas por quem já os usou, para ter certeza se a ferramenta escolhida é a mais confiável.

Seguem exemplos de instalação de VPNs para Android:

#Casos de polícia