Mais uma vez os usuários brasileiros do WhatsApp não poderão usar o aplicativo de mensagens mais famoso, porque, novamente, a #Justiça decidiu que, por 72 horas, contando a partir das 14 horas desta segunda-feira (02), o aplicativo deverá ficar indisponível, e, caso a ordem seja cumprida, a multa diária é de R$ 500 mil.

A TIM, Vivo, Oi, Nextel e também a Claro foram notificadas e informaram que irão cumprir o que a justiça determinou. O juiz Marcel Maia Montalvão, da cidade de Lagarto, Sergipe, foi quem deu a ordem atendendo a uma medida cautelar da Polícia Federal. O motivo é porque o Facebook, que é o dono do WhatsApp, não quer contribuir com a justiça em uma investigação criminal, entretanto, a empresa afirma que, dentro do possível.

Publicidade
Publicidade

vem contribuindo sim.

Em março deste ano, o presidente da empresa, na América Latina, chegou a ser preso por este mesmo motivo e, agora, a medida tomada pelo juiz é cautelar e tem como base o "Marco Civil da #Internet".

O #WhatsApp repudia a decisão do juiz e informa que cooperou de acordo com a capacidade da empresa e ficou extremamente decepcionado ao ver o aplicativo sendo bloqueado em todo território nacional. Ainda, de acordo com a empresa, mais de 100 milhões de usuários por todo o Brasil estão sendo punidos sem terem culpa e muitos terão prejuízo, já que o aplicativo é usado por escolas, comércio em geral, empresa, profissionais autônomos e todos os demais setores.

Mais uma vez o WhatsApp informou que não tem as informações solicitadas e o juiz foi injusto nesta decisão.

Os usuários estão recorrendo a outros aplicativos para não serem prejudicados e um dos mais baixados tem sido o Telegram.

O Telegram é um aplicativo de mensagens e tem quase as mesmas funções que o WhatsApp, com algumas poucas diferenças.

Publicidade

E este aplicativo também investiu em maior segurança, então, os usuários podem usar com mais tranquilidade. É possível realizar chats privados, pois as mensagens são encriptadas e não ficam armazenadas nos servidores da empresa.

Na página da web do Telegram, é possível baixar o aplicativo. É só escolher a opção para Android, iPhone, iPad ou, até mesmo, para Windows Phone, de acordo com o seu aparelho.