Na ultima sexta feira, (10 de junho), em Brasília, ressurgiu novamente a possibilidade de a profissão de TI-Tecnologia da Informação ser regulamentada, durante o encontro entre o Presidente Interino Michel Temer e Antônio Neto, presidente do SINDPD - Sindicato dos Trabalhados em Processamento de Dados e Tecnologia da Informação do Estado de São Paulo, que produziu o documento do projeto de lei. O documento será enviado ao Congresso através do Governo Federal.

Desde 2007, quando surgiu esse assunto, há certa polêmica com o projeto inicial PLS 607/07, que, se for aprovada lei, não beneficiará todos os profissionais da categoria, mas somente os que detiverem diploma do nível técnico ou nível superior, ou os profissionais que já atuarem na área como analista de sistemas, de forma registrada, há pelo menos 4 anos na data em que a lei entrar em vigor.

Publicidade
Publicidade

Lembrando que em 22/01/2010, no evento de inauguração da sede do SINDPD, a presidente Dilma Rousseff, que na época era ministra-chefe da Casa Civil, juntamente com ex-presidente Lula, também se pronunciaram a favor de regularizar a profissão dos analistas de sistemas.

A aprovação dessa regulamentação será uma enorme conquista para os  profissionais de TI, pois até hoje não existe um Conselho Federal dessa classe de profissionais. Se estima que sejam cerca de 400.000 os profissionais muito bem qualificados dessa área.

No documento elaborado pelo sindicato, é destacada a importância da TI, por ser uma área estratégia para o crescimento econômico do Brasil. A popularidade da Internet e o maior acesso ao computador fazem com que o uso de recursos tecnológicos e a interação do homem com a máquina se tornem um elemento cada vez mais importante da economia e da sociedade. 

Também foi sugerida a criação de um Fórum Permanente para tratar dos assuntos pertinentes ao desenvolvimento da área de tecnologias de informaçãoda informação, envolvendo o governo, trabalhadores, empresários, além da comunidade científica.

Publicidade

Há grande expectativa de todos profissionais de TI para que esse sonho se torne realidade. #Comunicação #Câmara dos Deputados #Empregos