Embora pareça improvável, um usuário do Facebook relatou uma experiência intrigante em uma postagem, e recebeu mais de mil comentários, informando sobre casos semelhantes.

De acordo com o site da Revista Galileu, o usuário do Facebook, NewHoustonian, relatou, em uma postagem, sua desventura ao encontrar uma barata em sua residência.

Logo depois, ele notou que, em seu perfil, apareceram várias propagandas a respeito de dedetização. No mínimo intrigante, concorda?

Entenda 

NewHoustonian viveu momentos de terror quando se deparou com uma barata em sua casa, isso porque ele tem fobia de insetos. Mas enfrentou o medo, matou o inseto e, aos gritos, pediu que a namorada buscasse um serviço de dedetização para deixar a casa livre dos intrusos. 

Contudo, é preciso ressaltar que o usuário e sua namorada, afirmaram veementemente que nem chegaram a pesquisar sobre as empresas especializadas em dedetização, nem sobre insetos na #Internet.

Publicidade
Publicidade

Depois de enfrentar seu pior pesadelo e causar uma grande confusão por causa da barata, ele afirma que, ao acessar o seu perfil o Facebook em seu #Celular, ele deu de cara com enorme anúncio sobre dedetização. 

Coincidências à parte, ele se assustou muito com o acontecido e resolveu compartilhar esta experiência, com demais usuários do Facebook.

Para a surpresa de NewHoustonian, sua postagem teve centenas de comentários, relatando experiências parecidas e intrigantes.

O Facebook realmente te ouve?

Outro usuário que passou por uma situação semelhante foi um Irlandês que relatou que reclamou de calor e sede. O celular estava próximo e, quando ele acessou o Facebook, depois de um dia longo e cansativo de trabalho, surgiu o anúncio da Coca-Cola, logo depois apareceram propagandas de uma marca de suco bastante conhecida no país.

Publicidade

Um americano, que possui um perfil na rede social, afirmou que, depois que começou a assistir novelas mexicanas, sua conta foi invadida por anúncios em espanhol.

Vários outros comentários relatando casos semelhantes foram postados, todos davam a entender que algum dispositivo no celular era capaz de coletar informações e repassá-las ao Facebook.

Pronunciamento da Rede Social

Depois de muita pressão popular e de vários sites que também questionaram tal possibilidade, o Facebook se limitou a dar uma resposta, explicando apenas as funcionalidades do microfone do App da rede social.

A empresa de Mark Zuckerberg se pronunciou dizendo que não usa e nunca usou nenhum dado pessoal de qualquer usuário, muito menos para promover anúncios.