Novamente a rede social Twitter teve os dados de seus usuários comprometidos. Quase 33 milhões de perfis tiveram informações de seus logins postos à venda na dark web, por uma pessoa que se identifica como "Tessa88". O valor, que está sendo cobrado em bitcoins, equivale a US$5.800, segundo o site “LeakedSource”.

Cada perfil - mais precisamente 32.880.300 - informa nome de usuário, e-mail e senha. O site sugere que as informações tenham sido obtidas por meio de malwares, visto que as senhas não são criptografadas. Ainda segundo o “LeakedSource”, os navegadores Chrome e Firefox podem ter sido atalhos para que o invasor tivesse acesso aos dados, pois, em muitos casos, os usuários optam por armazenar suas senhas nos softwares.

Publicidade
Publicidade

Por intermédio de um porta-voz, a rede social afirma não ter tido seus servidores invadidos, o que reforça a possibilidade acima. “Estamos confiantes que esses nomes de usuário e credenciais não foram obtidos por uma falha de segurança no Twitter - nossos sistemas não foram violados”.

Os maiores atingidos pelo hacker foram os russos: pouco mais de 5 milhões usam o endereço @mail.ru. Também há contas do Hotmail (4,5 mi), Yahoo (4,7 mi), Gmail (3,3 mi) e também o Yahoo Brasil (36.880 contas).

Curiosamente, as senhas mais utilizadas são as dadas como “fracas”, ou seja, a combinação de números sequenciais. “12345” foi utilizada 120.417 vezes, por exemplo. O Twitter afirma estar apurando o ocorrido e, inclusive, checando se os usuários realmente são reais.

Histórico de invasões

Há quatro anos, 58 milhões de senhas de usuários da rede social foram divulgadas por hackers anônimos.

Publicidade

Recentemente, o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, teve sua conta no Twitter invadida por também utilizar uma combinação frágil como senha. Anteriormente, o perfil de outro famoso usuário, o cantor Justin Bieber, também foi alvo de invasão.

Ainda não há orientação por parte da rede a seus usuários até o momento. No entanto, em casos como este, é conveniente a mudança de senha com urgência. #Dicas #Internet #Anonymous