Pela segunda vez este ano, o aplicativo Whatsapp, um dos mais utilizados no País pelos brasileiros, será bloqueado. De acordo com informações divulgadas pelo canal Globonews, o bloqueio foi solicitado pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e deve ocorrer ainda hoje, 19 de julho. Todas as operadoras de telefonia móvel - entre elas Tim, Oi, Vivo e Claro - já foram comunicadas. A juíza Daniela Barbosa Assunção de Souza foi a responsável pela decisão. Ela integra a Comarca de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. O comunicado exigindo o bloqueio foi entregue ontem, 18 de julho de 2016, para todas as operadoras de telefonia, que se não respeitarem a intimação arcarão com o pagamento de multa no valor de R$ 50 mil diários.

Publicidade
Publicidade

A informação inicial, segundo o canal de notícias, é de que a solicitação de bloqueio ocorrerá porque o Facebook - que é dono do aplicativo Whatsapp - não teria cumprido uma decisão judicial, que solicitou que a rede social liberasse informações para representantes do tribunal, que estariam trabalhando em uma importante investigação policial. Recentemente, o Whatsapp passou a criptografar todas as mensagens enviadas e recebidas, o que impede que as mesmas sejam interceptadas.

No último dia 02 de maio, os brasileiros ficaram sem utilizar o Whatsapp graças a uma liminar emitida pelo juiz Marcel Montalvão, de Sergipe e o bloqueio durou aproximadamente 24 horas. Outro bloqueio ocorreu em dezembro do ano passado. Estima-se que cerca de 100 milhões de pessoas utilizem o aplicativo em todo o Brasil.

Publicidade

Alternativas

Integrado no dia a dia dos brasileiros, o Whatsapp tornou-se uma importante ferramenta de trabalho para muitos. Tudo porque por meio dele é possível - desde que se tenha acesso a Internet - encaminhar mensagens de voz, texto, fazer ligações e enviar fotos e vídeos. Sem a utilização do mesmo, muitos terão que recorrer a outros aplicativos similares, tais como o Messenger (que também é do Facebook), o Viber, o Skype, o Telegram, o Line e o Hangouts.          #Android #Celular #Desenvolvimento Tecnológico